PUBLICIDADE
Esportes

Hazard indica vontade de trocar Chelsea pelo Real Madrid

Depois de fazer um dos dois gols que deram a vitória à Bélgica diante da Inglaterra, na disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo neste sábado, o capitão Eden Hazard falou sobre seu futuro. Além de comentar que o Chelsea, seu atual clube, tem a decisão final sobre seu destino, ele também afirmou: ?vocês [?]

16:45 | 14/07/2018

Depois de fazer um dos dois gols que deram a vitória à Bélgica diante da Inglaterra, na disputa pelo terceiro lugar da Copa do Mundo neste sábado, o capitão Eden Hazard falou sobre seu futuro. Além de comentar que o Chelsea, seu atual clube, tem a decisão final sobre seu destino, ele também afirmou: ?vocês sabem meu destino favorito?.

?Depois desta Copa do Mundo, posso agora decidir se quero ficar ou sair, mas o Chelsea é quem tomará a decisão final, se me deixam sair. Vocês já sabem meu destino favorito? Me vincularam a todos os tipos de clubes, semana que vem será a vez do Bayern de Munique. Me divirto com isso. Já sabem minha preferência? Depois de seis anos maravilhosos no Chelsea, poderia ser o momento de descobrir algo a mais?, disse o meia, segundo o jornal espanhol Marca, que indicou o Real Madrid como o desejo do craque.

Vocês já sabem meu destino favorito

Em 2010, quando tinha apenas 19 anos, o jogador afirmou que optaria pelo clube merengue se pudesse escolher seu destino. Recentemente, para o jornal francês L?Équipe, ele chegou a afirmar que ?eles (o clube) sabem o que fazer se me quiserem?.

Na última semana, após a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus, vários rumores sobre a contratação de outro jogador ofensivo entrou em pauta em Madri. Eden Hazard, que fez uma ótima Copa do Mundo ao comandar a Bélgica em sua melhor colocação em um Mundial na história da seleção, é o maior cotado.

A mídia internacional circula que o Real Madrid estaria disposto a oferecer R$ 765 milhões para ter o jogador nesta temporada. No Chelsea, ele soma 299 jogos e 88 gols desde 2012, quando foi contratado. Seu vínculo é até junho de 2020 e ainda não foi renovado.

Gazeta Esportiva