PUBLICIDADE
Esportes

Tite valoriza Fernandinho como armador e vê Renato Augusto abaixo

O volante Fernandinho está bem credenciado para ser o armador central da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia. O jogador do Manchester City já atuou assim na vitória por 1 a 0 sobre a Alemanha, no último amistoso da equipe de Tite, e será mantido na função contra a Croácia, neste domingo, em [?]

14:45 | 02/06/2018

O volante Fernandinho está bem credenciado para ser o armador central da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia. O jogador do Manchester City já atuou assim na vitória por 1 a 0 sobre a Alemanha, no último amistoso da equipe de Tite, e será mantido na função contra a Croácia, neste domingo, em Liverpool.

?Eu me pauto pela ideia de um futebol de equilíbrio. O que o Fernandino me traz? Ele remetia às características de um articulador quando estava no Atlético-PR e no Shakhtar Donetsk. Foi adaptado a outra posição no City, mas tem o DNA de um passador, além de nos dar um forte poder de marcação e liberdade para atacar pela esquerda?, valorizou Tite, após comandar o treinamento deste sábado.

Durante boa parte do tempo de preparação para o Mundial, quem jogou como meia central da Seleção Brasileira foi Renato Augusto. O ex-jogador do Corinthians, porém, acabou fisicamente prejudicado pelo nível menos intenso do futebol da China, onde defende o Beijing Guoan, e nem sequer acompanhou a delegação chefiada por Tite em Livepool. Permaneceu em Londres, recuperando-se de dores no joelho esquerdo.

?O Renato baixou um pouco em alguns aspectos, no nível de treinamento. Ele se apresentou em recuperação, e o Fernandinho, o Coutinho e outros estavam em alto nível. É só canhão, avião?, disse Tite, que cobrou o seu atleta. ?Chamei o Renato, passei um vídeo e falei para retomar o padrão dele. Ele também me municiou de informações. No final do ano, inteligentemente, não teve férias para chegar com uma condição melhor. Agora, está retomando o seu processo normal?, confiou.

O treinador ponderou até que poderia utilizar Renato Augusto contra a Croácia se desejasse, porém considerou desnecessário expor o meia em um jogo amistoso. Com ele, o Brasil teoricamente ganharia mais criatividade do que com Fernandinho. ?O Renato é um pouco mais articulador, armador?, reconheceu Tite.

Outro desfalque do Brasil contra a Croácia será o atacante Douglas Costa, que se reabilita de lesão muscular na coxa direita. A presença do atleta da Juventus possibilitaria outra alternativa ao lugar de Renato Augusto, com Philippe Coutinho deslocado da ponta para o meio, como ocorreu diante da Rússia, e Fernandinho na reserva.

Essa última possibilidade será levada em consideração caso Tite não deseje sacar Coutinho nem Willian do seu time titular quando Neymar estiver plenamente apto a jogar ? o astro do Paris Saint-Germain, que passou por cirurgia para corrigir uma fratura no quinto metatarso do pé direito, entrará no segundo do jogo contra a Croácia.

?Também fico nessa ansiedade, projetando uma situação. Aí, caio na real e penso no momento. O Zagallo e o Parreira dizem que a trajetória da Copa vai te mostrando o que fazer. Tomara que eu tenha competência de olhar e poder direcionar a equipe?, disse Tite, com a sua escalação pronta apenas para domingo. ?No momento, esses são os melhores. A gente tem que trabalhar em cima do momento, da preparação de cada um.?

Gazeta Esportiva

TAGS