PUBLICIDADE
Esportes

Tite evita falar sobre mudança de comportamento de Neymar

Criticado por se exaltar com a arbitragem nos dois primeiros jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, o atacante Neymar soube se controlar e pouco falou com o iraniano Alireza Faghani na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, nesta terça-feira, em Moscou. Após a partida, o técnico Tite evitou abordar [?]

20:15 | 27/06/2018

Criticado por se exaltar com a arbitragem nos dois primeiros jogos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia, o atacante Neymar soube se controlar e pouco falou com o iraniano Alireza Faghani na vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia, nesta terça-feira, em Moscou. Após a partida, o técnico Tite evitou abordar o tema.

?Não externo assuntos de equipe de forma pública?, esquivou-se o comandante brasileiro, quando questionado se tinha participação na mudança de comportamento de Neymar.

O principal astro da Seleção Brasileira teve algumas oportunidades de gol diante dos sérvios, mas passou em branco. Nos minutos finais, afoito para deixar a sua marca, foi um pouco individualista.

Desde que assumiu a Seleção Brasileira, Tite se preocupa em não deixar Neymar excessivamente pressionado como o principal encarregado de conduzir o time às vitórias. Foi o que o técnico fez ao escutar sobre a atual divisão de protagonismo entre o jogador do Paris Saint-Germain e o meia Philippe Coutinho.

?Temos uma série de atletas que definem e são protagonistas?, rebateu Tite, citando vários dos seus comandados na sequência.

Gazeta Esportiva

TAGS