PUBLICIDADE
Esportes

Pênalti em Neymar é o primeiro anulado pelo VAR na Copa do Mundo

O Brasil ia empatando por 0 a 0 com a Costa Rica quando Neymar foi puxado e caiu dentro da área. O juiz holandês Bjorn Kuipers, sem hesitar, marcou pênalti, causando revolta nos jogadores costa-riquenhos. Após revisar a jogada pelo reucurso de árbitro de vídeo, ele voltou atrás e esta se tornou a primeira vez [?]

12:30 | 22/06/2018

O Brasil ia empatando por 0 a 0 com a Costa Rica quando Neymar foi puxado e caiu dentro da área. O juiz holandês Bjorn Kuipers, sem hesitar, marcou pênalti, causando revolta nos jogadores costa-riquenhos. Após revisar a jogada pelo reucurso de árbitro de vídeo, ele voltou atrás e esta se tornou a primeira vez em que houve anulação de pênalti na Copa do Mundo.

Em todas as outras ocasiões, o recurso do árbitro de vídeo foi utilizado para mostrar algum lance não visto em campo e, então, reforçar a marcação. No entanto, com o Brasil, esta é a segunda vez que há polêmica na utilização do VAR.

No jogo de estreia, houve reclamações por parte dos brasileiros em lance do gol da Suíça, quando Miranda foi deslocado da jogada e não pôde cortar a bola, que acabou no fundo das redes de Alisson. Na ocasião, o juiz resolveu não rever o lance pois havia sido avisado que não existiu falta e a partida terminou em 1 a 1.

Contra a Costa Rica, a jogada aconteceu perto dos 30 minutos da segunda etapa. O camisa 10 recebeu a bola pela esquerda e recebeu um toque do zagueiro Gonzalez, da Costa Rica. O árbitro marcou o pênalti e, após ser alertado, consultou o VAR e anulou a penalidade.

Mesmo com esta polêmica, o Brasil venceu por 2 a 0, com gols de Philippe Coutinho e Neymar, e eliminou a Costa Rica da Copa do Mundo. Na próxima rodada, a Seleção de Tite enfrenta a Sérvia, pela última rodada da fase de grupos.

Gazeta Esportiva

TAGS