PUBLICIDADE
Copa do Mundo

Paulinho se vê no auge e sente Brasil mais confiante do que em 2014

Aos 29 anos de idade, Paulinho se prepara para disputar a Copa do Mundo pela segunda vez na carreira. Um dos titulares do técnico Tite na Rússia, o jogador do Barcelona se vê no auge e sente a Seleção Brasileira mais confiante do que na edição de 2014 do torneio. “Na minha carreira, sempre superei […]

14:15 | 13/06/2018

Aos 29 anos de idade, Paulinho se prepara para disputar a Copa do Mundo pela segunda vez na carreira. Um dos titulares do técnico Tite na Rússia, o jogador do Barcelona se vê no auge e sente a Seleção Brasileira mais confiante do que na edição de 2014 do torneio.

“Na minha carreira, sempre superei as adversidades”, disse Paulinho quando indagado sobre as repetidas demonstrações de força que precisou fazer, a última ao chegar ao Barcelona. “Eu me sinto privilegiado por jogar mais uma Copa do Mundo. Tenho certeza que chego no melhor momento da carreira e da vida”, completou.

Paulinho foi convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo de 2014 e, colocado no lugar de um vulnerável Fernandinho, participou da humilhante derrota por 7 a 1 diante da Alemanha na semifinal. Experiente, ele sente o time de Tite mais bem preparado.

“É claro que chega com uma confiança maior. Não estamos aqui para comparar, já passou. Mas alguns pontos fazem com que a Seleção esteja mais preparada. Em quatro anos, você aprende muita coisa. A Seleção passou por uma evolução grande e vamos aproveitar o momento”, projetou.

O panorama favorável vivido pela Seleção Brasileira antes da Copa do Mundo da Rússia é consequência do sucesso de Tite no comando da equipe. O técnico acumula uma campanha de 17 vitórias, três empates e uma derrota, com 47 gols marcados e apenas cinco sofridos.

“O que fiz nesses quatro anos foi deixar o passado de lado e agora, com meus companheiros, tenho uma nova chance de fazer melhor. A vida é assim: perdemos e agora temos outra oportunidade. O futebol é bom porque rapidamene te dá a chance de reverter”, declarou.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários