PUBLICIDADE
Esportes

Parreira quer reencontro com Alemanha para Brasil ?retribuir a gentileza?

Apesar de muitos projetarem uma final entre Brasil e Alemanha na Copa do Mundo de 2018, esse confronto pode acontecer nas oitavas de final caso uma das seleções fique em segundo lugar do seu grupo e outra em primeiro. Esse cenário ficou mais viável depois dos comandados de Joachim Low terem perdido na estreia para [?]

22:30 | 20/06/2018

Apesar de muitos projetarem uma final entre Brasil e Alemanha na Copa do Mundo de 2018, esse confronto pode acontecer nas oitavas de final caso uma das seleções fique em segundo lugar do seu grupo e outra em primeiro. Esse cenário ficou mais viável depois dos comandados de Joachim Low terem perdido na estreia para o México. Em entrevista à Gazeta Esportiva, Carlos Alberto Parreira mostrou sua torcida pelo reencontro após o 7 a 1 na semifinal do Mundial de 2014.

?Não (estou com medo de um reencontro). Estou torcendo para jogar contra a Alemanha para retribuirmos a gentileza deles?, declarou o treinador do pentacampeonato que estava na comissão técnica de Luiz Felipe Scolari há quatro anos.

Carlos Alberto Parreira também analisou a estreia da Seleção Brasileira contra a Suíça. Para ele, um confronto difícil era esperado uma vez que os dois times estão bem colocados no ranking da Fifa e pela falta de experiência em Copa do Mundo dos atletas comandados por Tite. Além disso, ele previu que o time verde e amarelo irá se recuperar a partir da próxima sexta-feira, às 9 horas (de Brasília), contra a Costa Rica.

?Se criou uma expectativa muito grande antes da Copa. O Brasil é o segundo do ranking, a Suíça é a sexta do ranking, portanto esses jogos são difíceis. A estreia gera muita tensão, praticamente apenas o Marcelo e mais três ou quatro jogadores já tinham participado de Copa e os outros estavam na primeira vez. Isso causa uma apreensão muito grande e o time não repetiu as atuações que estávamos acostumados a ver?, afirmou o técnico de 75 anos.

?Nosso time é muito bom, tem um potencial muito grande. Com certeza, passado esse jogo, daqui para frente o Brasil irá deslanchar?, completou Parreira, que participou de evento para lançar o aplicativo Atletas Now.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva

TAGS