PUBLICIDADE
Esportes

O cara do jogo: Xherdan Shaqiri

O meia Xherdan Shaqiri se mostrou decisivo para a vitória da Suíça sobre a Sérvia, por 2 a 1, nesta sexta-feira, em Kaliningrado. Foi do jogador do Stoke City, da Inglaterra, o gol que assegurou a virada da sua seleção, aos 44 minutos do segundo tempo. Atuando na ponta direita, Shaqiri teve outros bons momentos [?]

17:45 | 22/06/2018

O meia Xherdan Shaqiri se mostrou decisivo para a vitória da Suíça sobre a Sérvia, por 2 a 1, nesta sexta-feira, em Kaliningrado. Foi do jogador do Stoke City, da Inglaterra, o gol que assegurou a virada da sua seleção, aos 44 minutos do segundo tempo.

Atuando na ponta direita, Shaqiri teve outros bons momentos na partida. No primeiro gol da Suíça, ele carimbou a marcação em um chute cruzado, e a bola sobrou para Xhaka acertar um belo chute de longa distância. Pouco depois, fez jogada individual e mandou a bola na trave ao buscar o ângulo na conclusão.

O grande momento de Shaqiri, no entanto, ocorreu mesmo quando o jogo já se aproximava do final. Lançado por Xhaka (seu grande concorrente pelo status de ?o cara do jogo?), o jogador carregou a bola e completou na saída do goleiro Stojkovic.

Na comemoração, Shaqiri, assim como Xhaka, fez um gesto em referência à águia da bandeira da Albânia. O atleta é natural de Gjilan, cidade do Kosovo, região que declarou independência da Sérvia de forma unilateral em 2008.

Morando na Suíça desde a infância, Shaqiri iniciou a carreira no Basel e passou por Bayern de Munique, da Alemanha, e Internazionale, da Itália, antes de chegar ao Stoke City. Na Copa do Mundo de 2014, ele foi o destaque das vitórias do seu país por 2 a 1 sobre o Equador e por 3 a 0 sobre Honduras.

Gazeta Esportiva

TAGS