PUBLICIDADE
Esportes

Fracasso argentino contra a Islândia é evidenciado por estatísticas

Neste sábado, a Argentina não conseguiu fazer jus ao famoso ditado popular ?Água molhe em pedra dura, tanto bate até que fura?. Pela estreia na Copa do Mundo da Rússia, Lionel Messi e companhia tentaram de todo jeito, mas não conseguiram furar o bloqueio defensivo da Islândia, que arrancou o empate por 1 a 1. [?]

13:00 | 16/06/2018

Neste sábado, a Argentina não conseguiu fazer jus ao famoso ditado popular ?Água molhe em pedra dura, tanto bate até que fura?. Pela estreia na Copa do Mundo da Rússia, Lionel Messi e companhia tentaram de todo jeito, mas não conseguiram furar o bloqueio defensivo da Islândia, que arrancou o empate por 1 a 1. As estatísticas da partida mostram bem como o jogo se desenhou e como a Albiceleste fracassou em suas jogadas de ataque.

Os argentinos dominaram as ações desde o apito inicial e terminaram a partida com 72% da posse de bola. Com a bola no pé, a diferença entre as duas seleções ficou clara. Foram 645 passes completos por parte do time comandado por Jorge Sampaoli, que obteve um percentual de acerto de 90%, contra apenas 119 toques e 63% de aproveitamento dos islandeses.

O mesmo serve para os as ações finais de suas jogadas ofensivas. Foram sete cruzamentos na área dos Vikings, seis a mais que os mesmos. A Argentina teve 26 tentativas de finalizações, contra nove da Islândia. A Albiceleste, porém, deixou a desejar na precisão de seus chutes a gol, acertando apenas sete no alvo e, inclusive, perdendo um pênalti, desperdiçado por Messi. A seleção nórdica, por outro lado, foi mais eficiente, ao acertar três de suas batidas na meta de Caballero.

Pelo Grupo D da Copa do Mundo, os argentinos voltam a campo na próxima quinta-feira, quando enfrentarão a Croácia, no Estádio de Nizhny Novgorod. Os islandeses, por sua vez, jogarão na sexta-feira, contra a Nigéria, na Arena Volgogrado. Croatas e nigerianos completam a primeira rodada ainda neste sábado, em duelo que começa às 16h (no horário de Brasília).

 

Gazeta Esportiva

TAGS