PUBLICIDADE
Esportes

Comemoração de Ronaldo ao igualar Pelé seria provocação a Messi

Autor de três gols no jogo entre Portugal e Espanha, disputado na tarde desta sexta-feira, Cristiano Ronaldo entrou para o seleto grupo de atletas que balançaram as redes em quatro Copas do Mundo, com Pelé entre seus integrantes. Após alcançar o feito em Sochi, o atacante comemorou de maneira inusitada. Assim que marcou o gol de [?]

21:30 | 15/06/2018

Autor de três gols no jogo entre Portugal e Espanha, disputado na tarde desta sexta-feira, Cristiano Ronaldo entrou para o seleto grupo de atletas que balançaram as redes em quatro Copas do Mundo, com Pelé entre seus integrantes. Após alcançar o feito em Sochi, o atacante comemorou de maneira inusitada.

Assim que marcou o gol de pênalti diante de De Gea, o português correu para a beirada do gramado e coçou o queixo com a mão direita. Uma das interpretações do gesto é que o atacante fez referência a uma cabra. Em inglês, a palavra goat (cabra) serve como abreviação para ?greatest of all time? (melhor de todos os tempos).

Antes da Copa do Mundo da Rússia, a Adidas publicou uma propaganda com Messi e uma cabra. A comemoração de Cristiano Ronaldo, portanto, seria uma provocação ao astro argentino, rival na disputa pelos prêmios de melhor do mundo concedidos pela Fifa.

Comemoração à parte, Cristiano Ronaldo marcou na quarta Copa do Mundo consecutiva. Assim, igualou o brasileiro Pelé e os alemães Miroslav Klose e Uwe Seeler. Ele é o único jogador da história de Portugal a participar de quatro edições do torneio.

Com o ponto somado diante da Espanha, Portugal fica dois atrás do Irã, líder do Grupo B da Copa do Mundo. Às 9 horas (de Brasília) desta quarta-feira, o time defendido por Cristiano Ronaldo entra em campo para enfrentar Marrocos, que acabou derrotado na estreia.

Gazeta Esportiva

TAGS