PUBLICIDADE
Esportes

Brasil dá adeus ao CT do Tottenham, e Edu Gaspar elogia estrutura

Foram exatamente nove dias de estadia no CT do Tottenham, em Londres, na Inglaterra, se preparando para a Copa do Mundo. Agora, o elenco verde e amarelo se prepara para os dias finais antes da estreia na Rússia e viajará ainda nesta sexta-feira a Viena, onde enfrentará no próximo domingo a Áustria. No entanto, antes [?]

12:00 | 08/06/2018

Foram exatamente nove dias de estadia no CT do Tottenham, em Londres, na Inglaterra, se preparando para a Copa do Mundo. Agora, o elenco verde e amarelo se prepara para os dias finais antes da estreia na Rússia e viajará ainda nesta sexta-feira a Viena, onde enfrentará no próximo domingo a Áustria. No entanto, antes de ir, o coordenador de seleções Edu Gaspar foi só elogios para a estrutura fornecida pelo clube inglês.

?Estar aqui no CT do Tottenham realmente foi escolhido a dedo por tudo isso que vocês estão vendo, pela qualidade de hotelaria, qualidade de campo. Acho que também foram acertadas as escolhas de estarmos uma semana na Granja, dez dias aqui, mais uma semana em Sochi antes da estreia, quebrar um pouco esses 27 dias antes da estreia, é interessante?, disse Edu Gaspar.

Caso a Seleção Brasileira chegue à final da Copa do Mundo, o grupo ficará concentrado por 47 dias. Justamente por isso, a mudança de ambiente é tida como fundamental pela comissão técnica, que se preocupou em setorizar a preparação para o Mundial. Após a partida na Áustria, o Brasil, enfim, chegará a Sochi, onde permanecerá durante todo o torneio, após passa rpela Granja Comary, em Teresópolis, Londres e Liverpool.

Durante o período em que utilizou as instalações do Tottenham, a Seleção Brasileira teve o privilégio de estrear o novo hotel do clube inglês. Uma coisa é certa: falta de estrutura não poderá ser usada como justificativa para um possível fracasso da equipe na Copa do Mundo.

?Nada melhor que estar em uma estrutura como essa, essa maravilha que vocês estão acompanhando, com estrutura de academia de primeiríssima classe, hotelaria, alimentação? ou seja, tudo ao redor desse centro de treinamento é de altíssimo nível, que automaticamente qualifica nosso trabalho?, concluiu o coordenador de seleções da CBF.

Gazeta Esportiva

TAGS