Bernardo Silva considera eliminação de Portugal injustaCopa do Mundo | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Bernardo Silva considera eliminação de Portugal injusta

O meia Bernardo Silva deixou o gramado do Estádio Olímpico de Fisht frustrado ao final da derrota por 2 a 1 de Portugal para o Uruguai, neste sábado. Para ele, o fato de a sua equipe ter contabilizado 61% de posse de bola na partida demonstra que o resultado foi injusto. ?Quem está fora consegue [?]

18:00 | 30/06/2018

O meia Bernardo Silva deixou o gramado do Estádio Olímpico de Fisht frustrado ao final da derrota por 2 a 1 de Portugal para o Uruguai, neste sábado. Para ele, o fato de a sua equipe ter contabilizado 61% de posse de bola na partida demonstra que o resultado foi injusto.

?Quem está fora consegue ter uma imagem melhor do jogo, mas, dentro de campo, senti que Portugal teve mais posse de bola e ficou mais tempo no campo adversário?, apontou Bernardo Silva, quando questionado sobre a justiça do placar.

O Uruguai, no entanto, foi letal quando atacou. Abriu o placar logo no princípio do jogo, com um gol de cabeça de Edinson Cavani. Vazado por Pepe no segundo tempo, o time sul-americano reagiu com outra jogada do atacante do Paris Saint-Germain e, a partir de então, soube se defender para assegurar a classificação às quartas de final da Copa do Mundo da Rússia.

?O Uruguai valorizou bastante o tempo. Cada um com a sua tática. Parabéns para eles, que têm jogadores capacitados para o contra-ataque e fizeram um bom jogo. Talvez tenhamos sido melhores, mas futebol é assim. Não fomos capazes de vencer?, lamentou Bernardo Silva.

Já resignado, o jogador do Manchester City evitou ficar remoendo as chances que desperdiçou na partida. ?Não importa. Já perdemos e temos que aceitar a derrota. É claro que saímos tristes, mas dou parabéns ao Uruguai?, repetiu.

Gazeta Esportiva

TAGS