PUBLICIDADE
Esportes

Austrália evita pensar em ?jogo de compadres? entre França e Dinamarca

A Austrália ocupa o terceiro lugar do grupo C da Copa do Mundo, com apenas um ponto ganho, mas ainda assim, pode sonhar com uma classificação para as oitavas de final. Para isso, precisa vencer o já eliminado Peru nesta terça-feira, às 11h, e torcer para que a França vença a Dinamarca, também nesta terça, [?]

12:30 | 25/06/2018

A Austrália ocupa o terceiro lugar do grupo C da Copa do Mundo, com apenas um ponto ganho, mas ainda assim, pode sonhar com uma classificação para as oitavas de final. Para isso, precisa vencer o já eliminado Peru nesta terça-feira, às 11h, e torcer para que a França vença a Dinamarca, também nesta terça, no mesmo horário.

O problema é que caso haja um empate entre França e Dinamarca, as duas seleções avançam, e mesmo se a Austrália vencer, não consegue a classificação. Diante disso, surge a possibilidade da realização de um possível ?jogo de compadres? entre franceses e dinamarqueses, que forçariam o empate para não correrem riscos.

Durante entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira, o técnico da seleção australiana, Bert van Marwijk, foi questionado sobre o assunto, procurou se esquivar da questão, dizendo que o foco da equipe é no jogo contra o Peru.

?A França é orgulhosa. São um dos melhores times do mundo, mas não jogaram da maneira que queriam jogar. Acho que eles querem se provar. Mas isso não nos influencia, não temos controle sobre isso. Só sobre o jogo com o Peru?, disse.

Mathew Ryan, goleiro australiano, também tentou não emitir opiniões, e voltou a enaltecer a necessidade da Austrália manter o foco em seu próprio desempenho.

?Se não fizermos o trabalho que precisamos fazer, não faz sentido pensar no jogo da França. Mas se a França quiser terminar no topo do grupo, terá que vencer o jogo. Se eles planejam jogar por um empate, isso pode ser perigoso. Mas minha preocupação é a Austrália?, afirmou.

Gazeta Esportiva

TAGS