PUBLICIDADE
Esportes

Após perder titular na estreia, Tunísia tem mais um goleiro machucado

Depois da alegria de conseguir a classificação para mais uma Copa do Mundo, a Tunísia vive um drama na Rússia. Depois de perder o goleiro titular Mouez Hassen logo na estreia, diante da Inglaterra, os tunisianos não contarão mais com Farouk Ben Mustapha, substituto que entrou durante a derrota por 2 a 1 diante dos ingleses, já [?]

09:45 | 27/06/2018

Depois da alegria de conseguir a classificação para mais uma Copa do Mundo, a Tunísia vive um drama na Rússia. Depois de perder o goleiro titular Mouez Hassen logo na estreia, diante da Inglaterra, os tunisianos não contarão mais com Farouk Ben Mustapha, substituto que entrou durante a derrota por 2 a 1 diante dos ingleses, já que o atleta sofreu uma lesão em um dos joelhos durante o treino desta terça-feira.

Após passar por exames, os médicos diagnosticaram que o arqueiro ficará sem condições de jogo entre sete e dez dias e, com isso, não poderá atuar no último jogo da Tunísia neste Mundial, diante do Panamá. Como a equipe está seis pontos da Bélgica, segunda colocada do Grupo G, os tunisianos não tem mais possibilidade de avançar para á próxima fase da competição.

Para evitar a situação de ter apenas Aymen Mathlouthi como goleiro disponível durante o confronto desta quinta-feira, a delegação tunisiana chamou imediatamente Moez Ben Cherifia, arqueiro de 27 anos que atua no ES Tunis, da Tunísia. A Fifa ainda não pronunciou se aceitará a chegada do novo jogador, porém o time africano se baseia no artigo 54 do regulamento da Copa do Mundo para tentar fazer a troca, já que nela abre possibilidade do Comitê Organizador resolver assuntos de força maior não previstos no texto.

Apesar de já estarem eliminados, a partida diante do Panamá é muito importante para a Tunísia. Apesar de jamais ter passado da fase de grupos em cinco participações em Mundiais (incluindo de 2018), os tunisianos venceram apenas uma vez em toda história na Copa do Mundo, em 1978, e, caso vençam, terão o melhor resultado em 40 anos, quando se tornou a primeira equipe africana a triunfar em uma partida neste nível de competição.

Gazeta Esportiva

TAGS