PUBLICIDADE
Esportes

Adversária do Brasil na estreia da Copa, Suíça empata com a Espanha

A seleção suíça indicou neste domingo que o Brasil não deverá ter muitas facilidades em sua estreia na Copa do Mundo, marcada para o próximo dia 17 de junho, em Rostov. Visitando a Espanha em amistoso preparatório para o Mundial, o time liderado por Xherdan Shaqiri até saiu atrás na partida, mas foi persistente e [?]

18:00 | 03/06/2018

A seleção suíça indicou neste domingo que o Brasil não deverá ter muitas facilidades em sua estreia na Copa do Mundo, marcada para o próximo dia 17 de junho, em Rostov. Visitando a Espanha em amistoso preparatório para o Mundial, o time liderado por Xherdan Shaqiri até saiu atrás na partida, mas foi persistente e conseguiu o empate no segundo tempo para sair de campo com o 1 a 1 no placar, no estádio de la Cerámica, em Villarreal.

Tida como uma das seleções favoritas ao título da Copa do Mundo, na Rússia, a seleção espanhola dominou o jogo com sua habitual troca de passes, contudo, teve dificuldades para reverter essa certa superioridade em gols. Com duas linhas de marcação bem consistentes, a suíça conseguiu frustrar os planos dos donos da casa e ganhou confiança para prosseguir com sua preparação.

A Espanha volta a entrar em campo no próximo dia 9 de junho, quando enfrenta a Tunísia, já na Rússia, em seu último teste antes do Mundial. A Suíça, por sua vez, atuará um dia antes, contra o Japão, na cidade de Lugano.

O jogo ? A seleção da Espanha foi bem superior à Suíça no primeiro tempo. Com seu já bastante conhecido estilo de jogo, a Fúria não deixou os adversários respirarem, trocando passes na busca por um espaço para infiltração. De pé em pé, a equipe campeão mundial em 2010 aos poucos ia se aproximando de seu primeiro gol, algo que quase aconteceu aos 20 minutos, com Diego Costa. O atacante do Atlético de Madrid cabeceou para trás, e David Silva chegou batendo de primeira, mandando rente à trave esquerda do goleiro Sommer.

Já aos 23 minutos foi a vez de a seleção suíça responder. Priorizando a defesa, o time que irá estrear na Copa do Mundo da Rússia contra o Brasil raramente ameaçou a Espanha ao longo da etapa inicial, mas após sofrer a primeira tentativa de ataque adversária, compensou com o voleio de Dzemaili, que mandou por cima do gol de De Gea.

Retomando o controle de jogo após a solitária investida suíça, a Espanha, enfim, conseguiu reverter sua superioridade em gols aos 28 minutos graças a Odriozola. O jovem lateral-direito aproveitou o cruzamento de David Silva para, da entrada da área, bater de primeira, sem deixar a bola cair no chão, vencendo o goleiro Sommer e marcando um golaço em Villarreal. Antes de ir para o intervalo, a Fúria ainda teve a oportunidade de ampliar com Iniesta, que parou duas vezes no arqueiro rival, exigindo grandes defesas.

No segundo tempo a Espanha voltou a campo com uma importante mudança. Iniesta saiu para a entrada de Saúl. Posteriormente, Diego Costa deu lugar a Rodrigo, outro brasileiro naturalizado espanhol, e David Silva a Asensio. Porém, quem fez o gol foi a Suíça. Aos 16 minutos, o lateral-direito Lichtsteiner bateu cruzado, no cantinho, forçando De Gea a fazer a defesa. O goleiro espanhol, no entanto, tentou ficar com a bola, mas acabou cedendo o rebote, aproveitado por Ricardo Rodríguez, que precisou apenas empurrar para as redes.

Daí em diante a Espanha bem que tentou correr atrás do prejuízo e retomar a frente no placar, porém, a Suíça se manteve bem postada e segurou a pressão dos anfitriões, que tiveram de se contentar com o empate em 1 a 1 em seu adeus ao torcedor espanhol antes de irem à Rússia.

Gazeta Esportiva

TAGS