Participamos do

Na cola do Fortaleza, Inter e Bragantino ficam no empate no Beira-Rio

Com o resultado, o time do técnico Diego Aguirre ultrapassou o Corinthians na tabela e entrou no G6, mas perdeu a chance de desbancar o próprio Massa Bruta.
09:22 | Out. 22, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em partida atrasada válida pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro, Internacional e Red Bull Bragantino empataram em 1 a 1 nesta quinta-feira, no Beira-Rio. Com o resultado, o time do técnico Diego Aguirre ultrapassou o Corinthians na tabela e entrou no G6, mas perdeu a chance de desbancar o próprio Massa Bruta.

Depois de um começo de jogo travado, as duas equipes tiveram boas chances no primeiro tempo. Quem levou a melhor foi o Colorado, que abriu o placar aos 38 minutos com Maurício, após grande passe de Yuri Alberto.

Já a segunda etapa foi de menos oportunidades, com o Inter se fechando e apostando nos contra-ataques. O Bragantino, por sua vez, teve dificuldade para furar o bloqueio mandante, mas conseguiu deixar tudo igual com Bruninho, já nos acréscimos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Com o resultado, o Internacional chegou a 40 pontos e subiu para o sexto lugar no Brasileirão, deixando Corinthians, que tem a mesma pontuação, em sétimo. Já o Red Bull Bragantino tem 43 pontos e segue na quinta colocação. Os dois times chegaram a 27 jogos na competição.

O Inter terá mais um confronto direto no domingo, quando recebe justamente o Corinthians, às 16 horas (de Brasília), no Beira-Rio. No mesmo dia, o Bragantino enfrenta o São Paulo no Nabi Abi Chedid, às 18h15.

O jogo

Após um início truncado, Internacional e Bragantino fizeram um primeiro tempo movimentado, com boas chances de gol de ambos os lados. Os donos da casa foram quem criaram as primeiras oportunidades. Maurício chutou forte de fora da área e exigiu defesa de Cleiton. No rebote, Taison acertou o travessão, mas estava em posição irregular.

Pouco depois, Cleiton fez grande defesa em novo arremate de Maurício, dessa vez após receber passe de Taison dentro da área, no canto direito do goleiro.

Aos poucos, o Massa Bruta foi crescendo na partida e passou a levar perigo. O primeiro a assustar foi Eric Ramires, tirando tinta da trave em chute para fora da pequena área após jogada de Hurtado. Minutos depois, Marcelo Lomba fez boa defesa em tentativa de Cuello de fora da área. O goleiro colorado ainda seria exigido em finalização colocada de Heilinho.

Justamente quando o Bragantino era melhor no jogo, o Inter abriu o placar. Aos 38 minutos, Saravia avançou pela direita e encontrou Yuri Alberto na entrada o área. De primeira, o centroavante tocou para Maurício, que chutou batendo de pé esquerdo e contou com um desvio na marcação para superar Cleiton.

A segunda etapa, por outro lado, teve menos chances. Com a vantagem no placar, o Internacional se fechou e passou a apostar somente em contra-ataques. Já o Bragantino passou a ter a bola no campo de ataque e teve as principais oportunidades, mas encontrou dificuldade para superar o bloqueio colorado.

Marcelo Lomba foi novamente exigido, agora em dois chutes de longe de Helinho. Já Cleiton apareceu em finalização rasteira de Paulo Victor.

As melhores chegadas do segundo tempo foram do Red Bull Bragantino, já no fim do jogo. Após chute cruzado de Aderlan, Alerrandro apareceu sozinho na segunda trave e deu um carrinho na tentativa de desviar a bola, mas não alcançou.

Nos acréscimos, Alerrandro recebeu pela esquerda e cruzou rasteiro na área, deixando Bruninho livre para completar para a rede e empatar o confronto.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags