PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após suspensão da eleição na FCF, comissão eleitoral é definida e processo será reiniciado

Comissão apartada divulgará novo edital nesta quarta-feira e nova eleição está prevista para o dia 10 de agosto

Brenno Rebouças
15:06 | 20/07/2021
Sede da Federação Cearense de Futebol  (Foto: Brenno Rebouças/O POVO)
Sede da Federação Cearense de Futebol (Foto: Brenno Rebouças/O POVO)

O departamento jurídico da Federação Cearense de Futebol não conseguiu reverter a decisão da justiça, dada a favor do Fortaleza, para suspender a eleição que aconteceria na sede da entidade na manhã desta terça-feira, 20. Não houve, portanto, votação para escolha do novo presidente, vice-presidente e conselho fiscal da mentora, mas a Assembleia reunida definiu uma comissão eleitoral para dar início a um novo processo.

Composta pelos advogados Fred Bandeira, atual presidente do TJDF-CE, Pedro Bruno Amorim, secretário geral da OAB e Rafael Teixeira Ramos, a comissão apartada, como pede o inciso VI do artigo 22 da Lei Pelé, vai conduzir todo o processo eleitoral e o novo edital do pleito já deve ser lançado nesta quarta-feira, 21, com todas as informações e datas importantes. A nova eleição deve ocorrer em 10 de agosto.

O pedido do Fortaleza, via requerimento enviado para a entidade na sexta-feira, 16, era que a FCF fizesse exatamente isso. Com o reinício do processo, a chapa “Para continuar crescendo”, encabeçada por Mauro Carmélio e Eudes Bringel, será novamente inscrita para tentar a reeleição. Ela conta com o apoio de 23 clubes e 12 ligas. Não se sabe ainda se haverá concorrência ou se, novamente, eles concorrerão sozinhos.

As eleições na FCF se referem ao quadriênio 2022-2025. Os eleitos serão empossado sem 16 de dezembro de 2021.