PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

PSG anuncia contratação do técnico Mauricio Pochettino

A contratação já era dada como certa pela mídia internacional, mas só hoje foi apresentado oficialmente

16:11 | 02/01/2021
Mauricio Pochettino apresentado oficialmente pelo PSG (Foto: foto de divulgação do PSG)
Mauricio Pochettino apresentado oficialmente pelo PSG (Foto: foto de divulgação do PSG)

O Paris Saint-Germain tem um novo treinador. Neste sábado, o clube francês anunciou a contratação de Mauricio Pochettino, que chega com contrato válido até junho de 2022, com opção de extensão por mais um ano.

Em suas primeiras declarações após o acerto, o argentino de 48 anos agradeceu a oportunidade e celebrou o retorno ao clube que defendeu entre 2001 e 2003, quando era jogador.

"Estou extremamente feliz e honrado de ser o novo técnico do Paris Saint-Germain. Agradeço à direção do clube pela confiança dada. Este clube sempre teve um lugar especial no meu coração. Volto ao PSG com muita ambição e humildade, com muita vontade de trabalhar com alguns dos melhores jogadores do mundo. O time tem potencial fantástico e vou fazer de tudo para dar à equipe a identidade ofensiva que os torcedores amam", apontou o técnico, em declarações publicadas no site do PSG.

A contratação também foi comemorada pelo presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, que citou a identificação do profissional com o clube.

"Estamos muito felizes em confiar a gestão de nossa equipe profissional a Mauricio Pochettino. Estou orgulhoso de ver nosso ex-capitão retornar ao Paris Saint-Germain, porque o clube sempre foi sua casa. O regresso de Mauricio Pochettino enquadra-se perfeitamente nas nossas ambições e marcará mais um capítulo para o clube que, tenho a certeza, irá deliciar os nossos torcedores. Com a nomeação de Mauricio Pochettino, o Paris Saint-Germain está comprometido em continuar seu forte desenvolvimento nos próximos anos", afirmou.

Pochettino está sem trabalhar desde o fim de 2019, quando encerrou uma passagem de cinco anos pelo Tottenham. Anteriormente, o treinador comandou Southampton e Espanyol.

Agora, o desafio do argentino é ajudar o PSG a se firmar entre os gigantes europeus, buscando a sua primeira conquista de Liga dos Campeões.