PUBLICIDADE
Futebol
Noticia

Com um a mais, Ferroviário perde para Remo e conhece primeira derrota na Série C

Equipe de Marcelo Vilar jogou parte do primeiro tempo e todo o segundo com um jogador a mais, após Charles, do Leão, ter sido expulso. Time coral pode perder vaga no G4 ao final da rodada

Gerson Barbosa
20:01 | 16/08/2020
Gols aconteceram no segundo tempo  (Foto: Lenílson Santos/Ferroviário/Divulgação)
Gols aconteceram no segundo tempo (Foto: Lenílson Santos/Ferroviário/Divulgação)

Após a vitória na estreia, o Ferroviário conheceu a sua primeira derrota na Série C do Campeonato Brasileiro na noite deste domingo, 16. Jogando no Mangueirão, em Belém-PA, o Tubarão da Barra perdeu para o Remo por 2 a 1, mesmo tendo um a mais durante toda a etapa final e parte da inicial, quando o volante Charles foi expulso. Eduardo Ramos e Fredson marcaram para os donos da casa e Wellington Rato, de pênalti, fez para os visitantes. 

Com a vitória, o Remo continua com 100% de aproveitamento na competição, assumindo a liderança do Grupo A da Série C. Já o Ferroviário, com sua primeira derrota, cai para o terceiro lugar, mas pode sair do G4 ao final da rodada. 

O Ferroviário volta a campo no próximo sábado, 22, na Arena Castelão, quando joga contra o Vila Nova-GO. A partida está marcada para 17 horas. O Remo, por sua vez, enfrenta o Imperatriz dois dias depois, na segunda-feira, 24, às 20 horas. 

O JOGO

O jogo começou equilibrado nos primeiros minutos, com o Remo chegando com perigo primeiro, em jogada pela direita e um cruzamento rasteiro, mas logo afastado pelo goleiro Nícolas e pela defesa dos visitantes. Depois disso, o jogo foi do Ferroviário. A equipe de Marcelo Vilar chegou com força no gol de Vinícius pelo menos quatro vezes, o que acabou rendendo ao goleiro dos donos da casa a melhor atuação da etapa inicial.

Wellington Rato foi o nome do Tubarão, participando ativamente de três das quatro oportunidades perigosas. Primeiro em uma cabeçada que a bola saiu pela linha de fundo aos 11 minutos. Em seguida, aos 22, o camisa 10 coral cruzou fechado um escanteio que rendeu um bate-rebate na área perigoso, mas a zaga do Remo afastou quase em cima da linha. E, por fim, quando o relógio marcava 45 minutos, o articulador do Ferroviário arriscou de fora da área, no canto direito, mas Vinícius fez a defesa.

O arqueiro do Leão, inclusive, fez outra defesa em cabeçada do zagueiro Vitão. O defensor recebeu cruzamento de Tiago Costa pela esquerda, e conseguiu a cabeçada com força. O lateral do Ferroviário, inclusive, foi a principal válvula de escape da equipe de Marcelo Vilar, junto do outro ala, Mathaus. Os dois trouxeram perigo para a defesa do Remo em jogadas laterais durante os primeiros 45 minutos.

Uma situação que deu vantagem ao Ferroviário aconteceu no fim da etapa inicial, quando o volante Charles recebeu o segundo cartão amarelo por falta forte na entrada da área e foi expulso aos 37 minutos, deixando o Tubarão com um a mais durante todo o segundo tempo. Contudo, foi o Remo que conseguiu chegar no primeiro gol do jogo, ainda que com um a menos. Aos 18 minutos, em cobrança de falta da esquerda, o Fredson subiu mais alto que todo mundo e mandou de cabeça para o fundo das redes, abrindo o placar.

O Remo continuou crescendo na partida, conseguindo as melhores chances da etapa final. E de tanto martelar, conseguiu chegar ao segundo gol, com Eduardo Ramos, que recebeu cruzamento aos 30 minutos da esquerda e cabeceou para o gol depois da bola passar por todo mundo. Um minuto depois, o Tubarão teve uma penalidade máxima marcada em cima de Wesley e Rato conseguiu fazer o gol coral, diminuindo o placar.

Após o Ferroviário fazer o primeiro tento e manter o jogo aberto, saiu mais para o ataque. Aos 32, Willian recebeu dentro da área e arriscou um chute cruzado, mas a redonda saiu em linha de fundo. Depois disso, os visitantes tentaram chegar mais vezes, mas sem sucesso e acabaram perdendo o embate mesmo com um a mais.

Ficha técnica

Remo

4-4-2: Vinícius; Rafael Jansen, Mimica, Fredson, Dudu Mandai (Laílson); Charles, Lucas Siqueira, Gelson, Julio Rusch (Tcharlles); Eduardo Ramos, Zé Carlos (Djalma). Téc.: Mazola Júnior

Ferroviário

4-2-3-1: Nícolas; Mathaus (Júnior Batista), VItão, Willian Machado, Tiago Costa; Lucas Hulk (Olávio), Diego Lorenzi (Reinaldo); Caíque (Wesley), Wellington Rato, Siloé; Willian Lira. Téc.: Marcelo Vilar.

Local: Estádio Mangueirão, em Belém/PA

Data: 16/8/20

Cartões amarelos: Lucas Hulk (Ferroviário), Zé Carlos (Remo), Dudu Mandai (Remo), Charles (Remo), Willian Machado (Ferroviário), Júnior Batista (Ferroviário)

Cartão Vermelho: Charles (Remo)

Gols: Eduardo Ramos (Remo), Fredson (Remo) e Wellington Rato (Ferroviário)

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho/SP, assistido por Leandro Matos Feitosa/SP e William Trufelli Malaquias/SP

Público: Devido a pandemia do novo coronavírus, público presente não é permitido em jogos da CBF.