PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

CBF divulga ajustes no protocolo de testagem para novo coronavírus das competições nacionais

Entidade publicou mudanças no documento um dia após o adiamento da partida entre Goiás e São Paulo, que foi suspensa após dez jogadores do Esmeraldino testarem positivo

Iara Costa
20:09 | 10/08/2020
Dez jogadores do Goiás foram testados positivo para novo coronavírus antes de partida contra o São Paulo. (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
Dez jogadores do Goiás foram testados positivo para novo coronavírus antes de partida contra o São Paulo. (Foto: Aurelio Alves/O POVO)

Um dia após a partida entre Goiás e São Paulo ser adiada em decorrência dos dez resultados positivos para o novo coronavírus no elenco goiano, a Confederação Brasileiro de Futebol (CBF) divulgou, por meio de nota, alguns ajustes no protocolo para testagem da doença em clubes que disputam competições nacionais.

Quatro novos pontos foram acrescentados. O primeiro deles exige que a testagem seja feita em todos os jogadores dos clubes inscritos no torneio. Os exames devem ser feitos com 72 horas de antecedência de cada duelo. A medida passará a valer a partir da próxima sexta-feira, 14. 

O segundo ajuste garante que os exames podem ser feitos por laboratórios locais, mas que estes devem portar um selo de "acreditação laboratorial", outorgado pelas entidades de saúde competentes, e obedecendo aos padrões de teste molecular especificados pelos protocolos.

O terceiro ponto destaca que os resultados de tais exames, feitos no Hospital Albert Einstein ou no laboratório de escolha do clube, devem ser enviados para a entidade até 24 horas antes do duelo pelo clube mandante e com 12 horas de antecedência pelo clube visitante.

Por meio da nota, a CBF reforçou ainda que os clubes devem manter o rígido cumprimento do Guia Médico para retorno às atividades do futebol brasileiro e da Diretriz Operacional de cada competição, mantendo estrito controle de testagem e avaliação médica permanente.