PUBLICIDADE
Futebol
Noticia

Canais concorrentes, Sportv e ESPN fazem transmissão juntos em homenagem a Rodrigo Rodrigues

O jornalista de 45 anos passou pelas duas emissoras, que se reuniram em transmissão histórica ao vivo, para homenageá-lo

Alan Magno
22:04 | 28/07/2020
Transmissão conjunta e histórica de ESPN e Sportv, canais concorrentes (Foto: Reprodução/TV)
Transmissão conjunta e histórica de ESPN e Sportv, canais concorrentes (Foto: Reprodução/TV)

Em momento inédito, os canais esportivos por assinatura Sportv e ESPN fizeram transmissão conjunta, ao vivo, na noite desta terça-feira, 28, em homenagem ao apresentador Rodrigo Rodrigues, que morreu aos 45 anos, vítima de trombose em decorrência de Covid-19. Rodrigues trabalhou nos dois canais concorrentes.

Durante todo um bloco, Paulo Calçade e Marcela Rafael, da ESPN, e Fred Ring e Paulo Nunes, do Sportv, compartilharam memórias do colega. Também foi veiculada mensagem de José Trajano, ex-diretor da ESPN, que foi responsável por levar Rodrigues para o jornalismo esportivo. Trajano teve saída turbulenta da ESPN, e hoje voltou a aparecer no canal que fundou para homenagear o amigo. Juca Kfouri, da CBN, UOL e da Folha de S.Paulo, foi outro a dar sua mensagem nos veículos concorrentes. Na abertura do bloco, foi veiculada a última abertura de programa feita por Rodrigo, quando ele estava ao lado de Paulo Nunes.

As homenagens foram feitas por várias emissoras ao longo do dia, com profissionais que não conheciam mais limites entre canais concorrentes. O SportV já tinha dedicado o programa Seleção para prestar uma homenagem ao jornalista, já logo depois da notícia da morte ser confirmada. Profissionais de diversas emissoras, incluindo redes concorrentes diretas da SportTV, puderam enviar seus depoimentos sobre o apresentador em um ato de luto.

Rodrigo morreu aos 45 anos devido complicações oriundas de um quadro grave de Covid-19, agravado por uma trombose no cérebro. Com apresentação de André Rizek, ao lado de Carlos Cereto no estúdio e com apoio remoto de Paulo Cesar Vasconcellos e Júnior, o Seleção desta terça se dedicou exclusivamente para falar sobre a morte de Rodrigo Rodrigues.

André Rizek iniciou o programa emocionado fazendo uma série de elogios à Rodrigo. Ele chegou a chorar durante seus comentários sobre o colega que apresentava o quadro “Troca de Passes”, também na SportTV. “Você poderia até se esforçar para não gostar do Rodrigo, mas iria falhar miseravelmente”, pontuou.

Dentre os concorrentes diretos da emissora que obtiveram espaço no programa para se despedir e prestar um último ato ao jornalista estão Jose Ilan e Benjamin Back, ambos da Fox e André Henning do Esporte Interativo.

Benja gravou seu recado diretamente do carro, no acostamento de uma estrada ele afirmou estar completamente desolado com a morte do colega. “Não dá pra explicar”, pontuou entre pausas onde não pode conter a emoção.

Galvão Bueno também realizou uma participação especial no programa e dentre uma série de elogios a Rodrigo, pediu para que as pessoas considerassem melhor a seriedade da pandemia de coronavírus.

Além de jornalistas, o Canal do Zico e a banda The Soundtrackers também prestaram homenagens a Rodrigo Rodrigues, que além de jornalista e apresentador, também era músico. Ao todo 19 profissionais ou representantes de entidades associados ao apresentador vítima de Covid-19 prestaram suas homenagens.

Rodrigo Rodrigues, antes de ingressar na equipe da SportTV, teve passagens por TV Cultura, SBT, ESPN Brasil, Band, Gazeta e Esporte Interativo. Apaixonado por música, o jornalista também trabalhou em programas como "Vitrine", da Cultura, e "5 discos", da Gazeta. Lançou o livro "As Aventuras da Blitz", sobre a história da banda Blitz. Ele também tinha uma banda chamada The Soundtrackers, que só tocava trilhas sonoras de filmes.