PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Primeiro estado a liberar futebol deve sediar Copa do Nordeste; Bahia desponta como favorita

Com retorno ainda indefinido, torneio regional foi interrompido a uma rodada do fim da primeira fase. Liga do Nordeste confirmou que disputa se dará em apenas uma sede

Brenno Rebouças
15:49 | 04/07/2020
Caso o Ceará seja escolhido como sede da perna final do Nordestão, Castelão terá agenda movimentada (Foto: Fábio Lima/O POVO)
Caso o Ceará seja escolhido como sede da perna final do Nordestão, Castelão terá agenda movimentada (Foto: Fábio Lima/O POVO)

Com a negativa do governador do Ceará, Camilo Santana (PT), em liberar as partidas de futebol no Estado a partir do início da terceira fase do plano de retomada econômica e atividades, que começa na segunda-feira, 6, a Bahia desponta como favorita a ser escolhida para sediar o restante da Copa do Nordeste 2020. Dirigentes das equipes participantes acreditam, no entanto, que a CBF escolherá o estado que liberar o futebol primeiro.

A tendência pela Bahia começou a ser especulada na quarta-feira, 1, quando o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), disse em coletiva que havia conversa com dirigentes de Bahia e Vitória-BA, além de Alexi Portela, diretor da Liga do Nordeste, para dialogar com a CBF sobre receber a competição. Apesar de dizer que não havia nada acertado, o político disse que iria analisar os protocolos e condições para recepcionar equipes de outros estados e uma conclusão seria oferecida dentro dos prazos estabelecidos pela mentora do futebol nacional e a Liga.

LEIA TAMBÉM | Confirmada em sede única pela CBF, Copa do Nordeste ocorrerá após o Estadual, se vier para o Ceará

Os estádios da Bahia que receberiam os jogos seriam Barradão, Roberto Santos (em Pituaçu), Joia da Princesa (em Feira de Santana) e Fonte Nova. O último, no entanto, está funcionando como hospital de campanha e o secretário estadual de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse que a princípio não há condições de haver jogos no local, apesar de não descartar mudança futura. A previsão é que a Arena sirva como unidade de saúde especializada no novo coronavírus até dezembro. Nesse caso, o estádio do Bahia de Feira, que possui grama sintética, chamado de Arena Cajueiro, poderia reforçar a lista de praças esportivas aptas.

Na sexta-feira, 3, o portal da rádio 98 FM, de Natal, publicou que o ABC-RN deve viajar no dia 7 de julho (terça-feira) para Salvador e começar a treinar, visando a Copa do Nordeste. O clube potiguar ainda não confirmou a informação, pois pode haver liberação para treinos no Rio Grande do Norte a partir de segunda, 6.

Em conversa com o Esportes O POVO, o presidente do Santa Cruz-PE e vice-presidente da Liga do Nordeste, Constantino Júnior, disse que acredita que o estado que liberar primeiro os jogos de futebol deve ser a sede do torneio. O presidente do Ceará, Robinson de Castro, confirma que assim pensam CBF e Liga e ainda acredita que o estado do Ceará possa sediar o restante da competição.

“Nós imaginávamos que já voltaríamos a atuar a partir de julho, para isso foi feito um protocolo para jogos, desenvolvido pela Secretaria do esporte, Governo do Estado e FCF (Federação Cearense de Futebol). Parece que foi aprovado, essa é a informação que nós temos, o que dá toda garantia. Todo mundo testado com 48 horas antes, protocolo rígido, usando máscara, com todo atendimento para que não haja risco de contaminação e temos expectativa de voltar a jogar em julho. Amanhã (neste sábado, 4) o governador deverá dizer que atividades podem voltar a funcionar. Futebol é uma atividade econômica importante, jogo com portões fechados é de baixíssimo risco e alto impacto econômico e amanhã vamos torcer que permita retorno do futebol com portões fechados”, disse.

No Ceará, até o momento, a previsão de volta dos jogos é para 20 de julho (data, em tese, do início da quarta fase da liberação). Na Bahia e Pernambuco, que seguem concorrendo, não há dia previsto.

LEIA MAIS | Veja situação da tabela da Copa do Nordeste 2020