PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Autoridades espanholas chegam a acordo para volta aos treinos e criam fundo de ajuda a jogadores vulneráveis

La Liga e Federação Espanhola definiram como será a volta aos treinos, mesmo sem definir data. Fundo para ajudar atletas necessitados é de R$ 57 milhões

Gerson Barbosa
17:52 | 20/04/2020
Data para retorno dos treinos ainda não foi definida
Data para retorno dos treinos ainda não foi definida (Foto: AFP)

Clubes da La Liga foram avisados que volta aos treinos está próxima de acontecer, desde que as equipes sigam o protocolo do governo espanhol. Essa decisão foi tomada numa reunião neste domingo, 19, entre o Conselho Nacional de Esportes da Espanha, a Federação Espanhola e com representantes da La Liga, que organiza a primeira divisão. Além disso, um fundo de € 10 milhões (R$ 57 milhões) foi criado para jogadores vulneráveis na crise.

Em nota publicada após as oito horas de reunião, o Conselho Nacional de Esportes informou que a intenção é permitir que jogadores voltem a treinar sujeito a revisão com o progresso da crise do novo coronavírus, além "das decisões do Ministério da Saúde". As atividades serão liberadas sob protocolos rígidos e pelo tempo que as circunstâncias permitirem, ou seja, a decisão pode vir a ser revogada.

Também voltou a ser sugerido que o futebol espanhol da temporada 2019/20 terá um fim no campo, reforçando a ideia de retorno em junho, ainda que nenhuma data tenha sido estipulada oficialmente tanto para volta aos treinos ou jogos oficiais.

Os presidentes da La Liga e Federação Espanhola, Javier Tebas e Luis Rubiales, respectivamente, também assinaram um documento que cria um fundo de € 10 milhões (cerca de R$ 57 milhões) para ajudar jogadores mais vulneráveis nesse período da crise da Covid-19.

Além disso tudo, também foi firmado um acordo para se trabalhar forte na melhora da reputação global da Espanha frente ao futebol, visando poder sediar a Copa do Mundo de 2030. Isso acontece depois de anos de brigas políticas entre La Liga e Federação Espanhola, que agora se aproximam colocando o bem do futebol acima de interesses.