PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Auxílio financeiro da CBF, de R$ 200 mil, não atende pedido dos clubes da Série C

Proposta dos 20 times da Série C enviada à CBF pedia ajuda de R$ 250 mil pelos próximos meses. Entidade concedeu R$ 200 mil em parcela única

Lucas Mota
20:17 | 06/04/2020
Newton Filho aprovou a data de retorno da Série C (Foto: Ronaldo Oliveira/Ferroviário/Divulgação)
Newton Filho aprovou a data de retorno da Série C (Foto: Ronaldo Oliveira/Ferroviário/Divulgação)

Após apelos públicos dos clubes da Série C, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta segunda-feira, 6, o auxílio financeiro de R$ 200 mil para os 20 times da Terceirona. O repasse da maior entidade do futebol no País, em parcela única, está abaixo do valor proposto pelas equipes, de seis parcelas de R$ 250 mil, segundo Newton Filho, presidente do Ferroviário.

+ "Valor abaixo do que deveria", diz dirigente do Guarany de Sobral sobre ajuda da CBF

"O valor não representa uma folha do Ferroviário. Mas já é uma boa ajuda num momento crucial. Mostra também que já é uma ação da CBF reconhecendo o momento emergencial que o futebol vive", comentou o dirigente Coral, que participou das reuniões virtuais com presidentes dos clubes que disputarão a Série C em 2020.

Os dirigentes enviaram um documento com propostas à CBF na semana passada. Entre os pedidos, estava o apoio financeiro de R$ 250 mil pelos próximos seis meses. A quantia serviria para amenizar os prejuízos provocados pela paralisação dos campeonatos.

Os dirigentes defenderam, além do apoio financeiro da maior entidade do futebol, o reequilíbrio financeiro, a continuidade dos estaduais e regionais e alternativas para o calendário da Série C. O documento enviado à CBF foi assinado pelos presidentes dos 20 clubes da Terceirona.

O movimento chegou ganhar o apelo dos capitães dos clubes da competição. Os jogadores, considerados líderes no elenco, assinaram um abaixo-assinado solicitando auxílio financeiro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) a suas equipes.