PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Corinthians abandona negociação com Michael, do Goiás

O atacante de 23 anos foi destaque do último Campeonato Brasileiro, com nove gols em 35 jogos

15:09 | 08/01/2020
Michael, atacante do Goiás, durante entrevista coletiva.
Michael, atacante do Goiás, durante entrevista coletiva. (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás EC)

Michael não será jogador do Corinthians. Em nota oficial publicada na manhã desta quarta-feira, o Timão encerrou as negociações com o Goiás. No comunicado, é destacado que o clube paulista “não mediu esforços” para contratar o atacante do Esmeraldino.

“A Diretoria de Futebol do Timão ressalta que não mediu esforços para contratar o atleta. A proposta enviada pela aquisição de 50% dos direitos do jogador foi proporcional ao valor da multa pedida pelo clube goiano”, comentou.

Ainda na publicação, o Corinthians lembrou de negociações feitas no passado junto ao Goiás e lamentou a forma com que a negociação aconteceu.

“O Corinthians chegou ao seu limite e lamenta a forma como o Goiás tratou a negociação, sem a devida reciprocidade que houve ao longo dos últimos anos, quando o Alvinegro cedeu atletas por empréstimo à equipe de Goiânia e prezou pelo respeito à instituição e bom relacionamento”, continuou.

Michael foi destaque na volta do Goiás à elite do futebol brasileiro em 2019. Aos 23 anos de idade, o atleta, que marcou 9 gols em 35 jogos, foi uma das revelações do último Brasileirão e recebeu sondagens de Palmeiras e Flamengo.

No cenário atual, o Rubro-Negro é o favorito para anunciar a contratação do jovem talento. A informação é que representantes de ambos os clubes vão se encontrar em breve no Rio de Janeiro e uma proposta de 7,5 milhões de euros será oficializada.

Abaixo, confira a nota oficial do Corinthians na íntegra:

O Sport Club Corinthians Paulista encerrou a negociação pelo atacante Michael, do Goiás.

A Diretoria de Futebol do Timão ressalta que não mediu esforços para contratar o atleta. A proposta enviada pela aquisição de 50% dos direitos do jogador foi proporcional ao valor da multa pedida pelo clube goiano.

O Corinthians chegou ao seu limite e lamenta a forma como o Goiás tratou a negociação, sem a devida reciprocidade que houve ao longo dos últimos anos, quando o Alvinegro cedeu atletas por empréstimo à equipe de Goiânia e prezou pelo respeito à instituição e bom relacionamento.

O Sport Club Corinthians Paulista não fará nenhuma extravagância financeira que possa prejudicar a administração do Clube. No entanto, terá como prioridade o fortalecimento de sua equipe de futebol para sempre buscar o mais alto desempenho esportivo, como aconteceu na última década, em que conquistou dez títulos.