PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Ceará e Fortaleza iniciam hoje a disputa da final do Cearense Sub-20

Jogo de ida da decisão será disputado na noite desta segunda-feira, no PV

11:08 | 12/08/2019
Trio de ataque tricolor é o ponto forte do Leão. Já o Ceará confia na boa fase do meia Rafael
Trio de ataque tricolor é o ponto forte do Leão. Já o Ceará confia na boa fase do meia Rafael(Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza e Marcelo Vidal/Cearasc.com)

A rivalidade que agita o futebol cearense profissional, vai movimentar também a principal categoria de base do Estado. Ceará e Fortaleza iniciam nesta segunda-feira a disputa pelo título de campeão cearense Sub-20. O jogo de ida está marcado para o estádio Presidente Vargas, as 19h. A partida de volta já acontece na quinta-feira, dia 15, as 17h, também no PV. Maior vencedor da categoria, o Leão parte em busca do 10º título cearense. Já o Vovô tenta levar sua terceira taça para a casa.

Apesar da hegemonia de conquistas no Sub-20 ser do Tricolor, quem chega para a final com leve favoritismo é o Ceará. Isso porque o Alvinegro, por ter feito melhor campanha, joga por dois resultados equivalentes (dois empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols) para ser campeão. A equipe, que é comandada pelo técnico Fábio Caponi, chega para a final com um retrospecto de 14 jogos, com 11 vitórias, 1 empate e 2 derrotas. O time marcou 43 gols e sofreu 10 gols, sendo detentor do melhor ataque do torneio.

Ao longo da competição, o Alvinegro tem revelado alguns jogadores que podem brilhar na equipe profissional: o zagueiro Alan Uchôa, o volante Kelvyn e o atacante Cristiano Oliveira. Além disso, a equipe ganhou um reforço na reta decisiva da competição: o atacante Rick, que integrava o elenco profissional que disputa o Brasileirão e foi cedido para os jogos finais da base. Mas quem vem roubando a cena na equipe é o meia Rafael Carvalheira, que veio emprestado pelo Flamengo. Em 15 partidas pela equipe, marcou oito gols e deu cinco assistências. "Fico feliz em ajudar a recolocar o Ceará de volta em uma final de Cearense Sub-20, o que não ocorria há quatro anos. Temos agora que continuar essa pegada para que possamos ser campeões", afirmou Rafael.

Já o Tricolor, em seus fez 14 jogos, conquistou 10 vitórias, teve dois empates e registrou duas derrotas. O ataque dos garotos do Leão marcou 37 gols e sofreu 8 gols. Na defesa, que é a melhor do Campeonato, o time conta com a segurança do goleiro Kennedy e o zagueiro Renê. Outro ponto forte da equipe é o setor de ataque, que conta com trio de goleadores no Estadual: Oliveira, Gustavo Coutinho e Romarinho, os dois últimos com passagens pelo elenco profissional.

Mesmo com a vantagem alvinegra por dois resultados iguais, o técnico tricolor Marconne Montenegro acredita que, por se tratar de clássico, os dois times tem 50% de chance de título. "Nossa proposta é entrar em campo organizados, para buscar a vitória tanto no 1°, quanto no 2° jogo. São dois jogos que exigem muita concentração, exige que a equipe erro o menos possível. Serão duelos bem difíceis, mas a equipe está preparada, concentrada e sabe do que precisa fazer", pontuou Marconne que, em virtude da saída de Rogério Ceni ficará ausente da 1ª final do Sub-20, pois estará à frente do time profissional do Leão, que também joga nesta segunda-feira, contra o CSA, em Maceió, pela 14ª rodada do Brasileirão. Quem dirige o Leão no 1° Clássico-Rei da base é Alexandre Barroso, auxiliado pelo Zé Carlos.

Bruno Balacó