PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Floresta é derrotado pelo Jacuipense e segue na Série D do Campeonato Brasileiro

Time baiano Jacuipense garantiu um único gol e fez o verdão cearense continuar na Série D

19:15 | 21/07/2019

Depois de um jogo acirrado, de ataques e estratégias, além de uma campanha positiva no torneio, o Floresta ainda passará mais uma temporada na Série D do Campeonato Brasileiro. Com uma vitória por 1 a 0, o time do interior baiano, Jacuipense, conseguiu o acesso à Série C pela primeira vez e fez história no município de Riachão do Jacuípe.

A partida ocorreu com o gramado prejudicado, muito molhado, e começou com poucas finalizações. Times estavam com vontade de decidir sem que os pênaltis fossem necessários (em casa de empate), mas a intensidade maior foi segundo tempo.

Na primeira etapa, Marcelo Nicácio, veterano atacante do Jacuipense, cabeceou e a bola passou raspando pela trave logo no início. Do outro lado, Matheus e Eugênio até tentaram algumas investidas, mas com poucas chances. O Floresta crescia quando Iago e Danrley jogavam mais avançados.

Já no finalzinho do primeiro tempo, aos 41 minutos, o atacante do Verdão, Paulo Vyctor, recebeu sozinho na direita, mas o passe foi longo demais e fez com que a marcação do Jacuipense impedisse a finalização.

A etapa complementar começou com mais vontade dos dois times que buscavam o acesso. O Jacuipense começou dominando, com Danilo Rios chutando da direita para grande defesa do goleiro do Floresta, Carlão. Aos sete minutos, Eugênio tentou inaugurar o placar para o time cearense, chutou, mas a bola subiu muito e se perdeu pela linha de fundo.

Aos 18 minutos, num contra-ataque do Floresta, Eugênio chegou a ficar sozinho com o goleiro, finalizou novamente, mas Jordan defendeu. Zé Carlos também tentou, e depois de superar dois marcadores, mandou uma pancada para o gol, mas a chance foi desperdiçada.

Do lado do time da casa, foi a entrada de Popó na vaga de Nicácio que fez a diferença na partida. Num vacilo da zaga do Verdão, aos 28 minutos, Popó achou Eudair sozinho na direita, cruzou e mandou para o fundo do gol de Carlão. Gol do Jacuipense, feito por aquele que foi apelidado de "Segundo Tempo".

O Floresta foi em busca do empate e quando Eugênio recebeu sozinho pela esquerda, aos 40 minutos, mandou por cima da meta. Foi a melhor chance do time cearense. O Floresta tentava apostar na velocidade dos atacantes para empatar, mas não conseguiu superar a zaga adversária, que seguiu firme.

 

O Povo