Participamos do

Neymar deve R$ 147 milhões em impostos na Espanha e prejudica ida ao Barça

O jornal catalão Mundo Deportivo agora aponta mais uma pedra no caminho do brasileiro nesta negociação
16:31 | Jul. 14, 2019
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Alguns já consideram difícil o retorno de Neymar ao Barcelona por conta da contratação de Antoine Griezmann. O jornal catalão Mundo Deportivo agora aponta mais uma pedra no caminho do brasileiro nesta negociação: o fisco espanhol descobriu que o atacante deve 35 milhões de euros (cerca de R$ 147 milhões) em tributos e impostos.

As investigações vinham ocorrendo há um tempo e, conforme divulgou o periódico, o valor é referente aos quatro anos nos quais o brasileiro viveu em Barcelona e também sua transferência ao Paris Saint-Germain. Isso entra totalmente no caminho caso Neymar deseje mesmo retornar ao Barça.

“Seu regresso ao Camp Nou já era muito complicado porque já tinham muitos condicionantes para que retornasse, mas a presença do Tesouro o complica ainda mais e cada vez torna mais difícil que Neymar possa voltar ao Campeonato Espanhol”, diz a matéria deste domingo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No último mês de março, o jornal EI Mundo havia publicado que o Tesouro estava investigando a transferência de Neymar para o PSG e o bônus de renovação acordado com o Barcelona antes de sua saída. Como ela aconteceu oficialmente em agosto de 2017, ele passou mais de 183 dias em Barcelona, ou seja, deveria ter declarado todo o seu rendimento anual normalmente, como residente fiscal na Espanha.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags