PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Público feminino lota bares e restaurantes da Capital para assistir Brasil x Jamaica

Neste ano, pela primeira vez, os jogos da seleção brasileira estão sendo exibidos em duas TVs abertas

15:28 | 09/06/2019
Em sua estreia na Copa do Mundo de Futebol Feminino, o Brasil ganhou por 3 X 0 da Jamaica.
Em sua estreia na Copa do Mundo de Futebol Feminino, o Brasil ganhou por 3 X 0 da Jamaica. (Foto: Alex Gomes/ Especial para O Povo)

A 8º Copa do Mundo de Futebol Feminino, sediada na França, começou na última sexta-feira, 7, e segue até 7 de julho. Neste domingo, 9, a seleção brasileira estreou sua campanha no mundial em disputa contra a Jamaica. A vitória por 3 a 0 em que Cristiane brilhou foi assistida por um público predominantemente feminino nos bares e restaurantes de Fortaleza.  

Entre o público estava Mariana Maia, 32, com a filha, Aurora, 2. “Ontem (sábado), quando fui botar ela pra dormir, disse que hoje tinha jogo da Seleção”. As duas, vestidas a caráter, foram ao Mambembe, na Praia de Iracema, onde aproximadamente 200 pessoas acompanharam o jogo. Mariana conta que tem tentado assistir outros jogos da Copa do Mundo, mas não consegue, pois apenas os jogos do Brasil estão sendo transmitidos pela TV aberta. “Tem que ser por canais pagos. Devia ser mais fácil”, afirma.

Mariana reconhece, porém, que a movimentação das pessoas sobre o campeonato feminino este ano está diferente, mesmo que ainda existam preconceitos. “Me dá muito medo porque as mulheres ainda passam por muita coisa ruim, mas eu tento criar (a filha Aurora) sem distinção. E o jogo mostra um pouco disso, da igualdade”, destacou.

Em outro restaurante, o Teresa e Jorge, também na Praia de Iracema, a transmissão também virou destaque do domingo de manhã. A dona do local, Carla Vieira, conta que o objetivo de abrir para os jogos da Seleção é formar um público de futebol mais feminino. “Na Copa do Mundo, tinha uma presença masculina e de mulheres também. Mas hoje é possível ver que o público é muito mais feminino", observa. "O trabalho é mostrar que aqui é espaço para as mulheres, em todas as atividades”.

Clique na imagem para abrir a galeria

A Seleção volta aos campos na quinta-feira, 13, às 13 horas, para enfrentar a Austrália. O confronto tem gostinho de revanche contra a seleção que eliminou o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2015.

Com informações da repórter Sara Oliveira

Marcela Tosi/Especial para O POVO