PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

"Estou errado? Estou. Mas ninguém tem sangue de barata", diz Neymar após agredir torcedor

O jogador reconheceu que cometeu um erro ao agredir o torcedor após a derrota do Paris Saint-Germain

14:36 | 28/04/2019
O PSG perdeu para o Rennes nos pênaltis
O PSG perdeu para o Rennes nos pênaltis(Foto: Damien Meyer/AFP)

Após agredir um torcedor e ser criticado pela atitude nas redes sociais, o jogador Neymar, do Paris Saint-Germain, reconheceu que cometeu um erro. Ele agrediu um torcedor do Rennes que o provocou logo após a final da Copa da França perdida no sábado (2-2, 6-5 nos pênaltis).

"Estou errado? Estou. Mas ninguém tem sangue de barata", afirmou o brasileiro em publicação no Instagram do assessor Alex Bernardo. No próprio Instagram, Neymar escreveu que "ninguém gosta de perder" e recebeu apoio de seguidores.

Vários vídeos do camisa 10 do PSG atingindo o rosto de um espectador que esbravejava enquanto o craque e os demais jogadores subiam as escadas até o palco para receber as medalhas de prata incendiaram as redes sociais horas depois do jogo.

Alex Bernardo publicou em sua conta no Instagram o vídeo feito pelo torcedor agredido, no qual é possível ouvir seus insultos aos jogadores parisienses: "Buffon você é retardado", "Kurzawa não quero seus cumprimentos", "Verratti racista", "Neymar seu puto, aprenda a jogar futebol".

Nesse momento, o atacante brasileiro afastou o celular do torcedor e o atingiu com um soco na cara, como mostram outros vídeos e testemunhos.

O jornal L'Équipe conseguiu entrevistar o torcedor agredido, Edouard, um entregador de 28 anos de Nantes: "eu não o insultei, disse que não jogaram nada, é o jogo, incluindo toda a equipe. Quando os jogadores chegaram, Verratti, Buffon, eu gritei: 'vocês não são de nada. Vai Rennes!'", se defendeu.

Segundo o jornal esportivo, o torcedor consideraria a possibilidade de denunciar Neymar na justiça e disse ter sofrido um corte no lábio e ter sangrado pelo nariz, o que não parece visível nos vídeos.

Com AFP