PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Primeiro jogo da final do Estadual conta com forte esquema de segurança

No total, quase 850 homens farão a segurança de clubes e torcedores, dentro e fora do Castelão, neste domingo

16:15 | 13/04/2019
Polícia Militar atuará dentro e fora do Castelão, com um total de 600 homens
Polícia Militar atuará dentro e fora do Castelão, com um total de 600 homens(Foto: Arquivo O POVO)

O esquema de segurança para o primeiro Clássico-Rei da final do Campeonato Cearense contará com 600 policiais militares, trabalhando dentro e fora do Castelão, além de acompanhar o trajeto dos clubes e torcedores nas principais vias e terminais de ônibus. O trabalho da Polícia vai começar cedo, às 11h30min, três horas e meia antes da bola rolar.

No Castelão, 200 seguranças particulares ficam responsáveis pela vistoria dos torcedores, nas entradas do estádio e também observando o comportamento das torcidas de dentro do campo e em pontos estratégicos dos setores de arquibancada. As organizadas serão vistoriadas pela Polícia Militar, entre 14h e 15 horas.

Haverá uma delegacia funcionando dentro da praça esportiva, a partir das 14 horas, com dois delegados de plantão e 22 policiais civis. O Juizado do Torcedor também estará presente com dois juízes (Maria José Bentes Pinto e Roberto Soares Bulcão Coutinho).

Quem precisar de atendimento médico poderá procurar uma das seis ambulâncias espalhadas pelo estádio, cada uma delas com um médico e dois enfermeiros, além de toda a aparelhagem necessária.

 

Brenno Rebouças