PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Renan Ribeiro pega três pênaltis e coloca Sporting na final da Taça da Liga

O Sporting contou com uma noite inspirada de Renan Ribeiro para garantir vaga na final da Taça da Liga Portuguesa nesta quarta-feira. Jogando no Estádio Municipal de Braga, contra o time local, a equipe de Marcel Keizer sofreu no tempo normal, mas conseguiu segurar o empate por 1 a 1 e levou a decisão para [?]

19:30 | 23/01/2019

O Sporting contou com uma noite inspirada de Renan Ribeiro para garantir vaga na final da Taça da Liga Portuguesa nesta quarta-feira. Jogando no Estádio Municipal de Braga, contra o time local, a equipe de Marcel Keizer sofreu no tempo normal, mas conseguiu segurar o empate por 1 a 1 e levou a decisão para os pênaltis. Na marca da cal, o arqueiro ex-São Paulo, brilhou, pegou três cobranças e garantiu a vitória dos visitantes por 4 a 3.

Na finalíssima da Taça da Liga Portuguesa, o Sporting enfrentará o Porto, que eliminou o Benfica com autoridade na outra semifinal. O confronto que decidirá o vencedor da competição esta programado para este sábado, às 17h45 (de Brasília), no Estádio Municipal de Braga.

O Jogo â?? Em sua primeira investida ofensiva, o Braga contou com o faro de gol do brasileiro Dyego Sousa para inaugurar o marcador. João Novais recebeu na ponta esquerda, trouxe para dentro e cruzou na área, onde o camisa 99 se antecipou à marcação e cabeceou para as redes.

Após sair atrás, o Sporting se lançou ao ataque, e criou boas oportunidades, mas só chegou ao empate nos instantes finais da primeira etapa, quando Acuña cobrou escanteio para o zagueiro Coates subir mais alto que a marcação e testar forte no ângulo do arqueiro Marafona.

Assim como no primeiro tempo, o Braga voltou a balançar as redes no começo da etapa completar, com João Novais. No entanto, o VAR entrou em ação, avisou o árbitro sobre uma possível irregularidade e ele, então, foi assistir o lance no monitor. Após ver a jogada, o juiz decidiu anular o tento.

Controlando a partida, os donos da casa esbarraram na trave para não retomar a vantagem no marcador. Ricardo subiu mais que a marcação após escanteio e cabeceou no travessão. Sem novas oportunidades, o tempo regulamentar chegou ao fim e a decisão foi para a marca da cal.

Nas penalidades, brilhou a estrela de Renan Ribeiro, que defendeu três cobranças e garantiu a vitória do Sporting por 4 a 3 após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Gazeta Esportiva

TAGS