PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Jesus marca e City faz 7 a 0 em estreia na Copa da Inglaterra

Este domingo foi o dia de estreia para o Manchester City na Copa da Inglaterra. E que estreia. No Etihad Stadium, os comandados de Pep Guardiola, mesmo com time misto, confirmaram o favoritismo e atropelaram o Roterham, da segunda divisão nacional, por nada menos que 7 a 0. Sterling, Foden, Ajayi (contra), Gabriel Jesus, Mahrez, [?]

13:15 | 06/01/2019

Este domingo foi o dia de estreia para o Manchester City na Copa da Inglaterra. E que estreia. No Etihad Stadium, os comandados de Pep Guardiola, mesmo com time misto, confirmaram o favoritismo e atropelaram o Roterham, da segunda divisão nacional, por nada menos que 7 a 0. Sterling, Foden, Ajayi (contra), Gabriel Jesus, Mahrez, Otamendi e Sané fizeram os gols.

Como a partida não terminou empatada, não haverá jogo de volta. Desta forma, os Citizens já estão garantidos na segunda fase do torneio, a última antes das oitavas de final. O adversário será definido por meio de um sorteio.

Três no primeiro tempo?

Doze minutos. Este foi o tempo em que o Roterham conseguiu resistir até levar o primeiro gol do Manchester City. No entanto, quando De Bruyne dominou a bola na entrada da área e deixou Sterling cara a cara com o goleiro Rodak, nada pôde ser feito: 1 a 0.

O segundo, por sua vez, demorou um pouco mais a sair. Foi já aos 43 minutos, quando Gundogan achou um belo lançamento para Foden, nas costas da zaga, ampliar.

E antes do intervalo ainda deu tempo para o terceiro. Mahrez achou bom passe em profundidade para Walker, que chegou cruzando de primeira, rasteiro, e viu o zagueiro Ajayi empurrar contra a própria meta.

Quatro no segundo

Na volta dos vestiários, foram necessários nada mais que sete minutos para o City voltar a balançar a rede. Sterling recebeu pela esquerda, ganhou do marcador na velocidade e cruzou rasteiro para Gabriel Jesus, que só completou.

O quinto veio com 28 rodados, quando Mahrez recebeu pelo meio, tabelou com Gundogan na entrada da área e bateu por baixo de Rodak, que viu a bola passar entre suas pernas.

O sexto foi em cobrança de escanteio, aos 32. Em dia de garçom, Gundogan deu sua terceira assistência no jogo, cobrando o tiro de canto na cabeça de Otamendi, que escorou para dentro.

Aos 40, o sétimo. Sané dominou pela esquerda, tabelou com Gundogan, limpou a marcação e, com o pé direito, contou com o desvio no meio do caminho para dar números finais ao atropelo: 7 a 0.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS