Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Richarlison marca, e Everton se livra de derrota para o Watford no fim

O brasileiro Richarlison voltou a balançar as redes no reencontro com sua antiga equipe nesta segunda-feira. Recebendo o Watford no Goodison Park, pela 16ª rodada do Campeonato Inglês, o Everton começou bem e dominou grande parte do primeiro tempo, entretanto, não repetiu o desempenho na etapa complementar e acabou sofrendo a virada. Nos acréscimos, porém, [?]
19:30 | Dez. 10, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O brasileiro Richarlison voltou a balançar as redes no reencontro com sua antiga equipe nesta segunda-feira. Recebendo o Watford no Goodison Park, pela 16ª rodada do Campeonato Inglês, o Everton começou bem e dominou grande parte do primeiro tempo, entretanto, não repetiu o desempenho na etapa complementar e acabou sofrendo a virada. Nos acréscimos, porém, Lucas Digne bateu falta com perfeição para garantir o empate aos Blues. Roberto Pereyra e Doucoure fizeram os gols dos visitantes.

Com o resultado, o Everton perdeu a sexta colocação para o Manchester United, que neste último fim de semana goleou o Fulham por 4 a 1. Agora, o time de Liverpool está a dois pontos dos Red Devils e a dez do Arsenal, atual quinto colocado e detentor da vaga para a Liga Europa.

O Watford, por sua vez, segue brigando na parte de baixo da tabela. Oscilando bastante neste primeiro turno, a antiga equipe de Richarlison esteve muito perto de encerrar nesta segunda-feira uma sequência de cinco jogos sem vitória, mas acabou tendo de se contentar com o empate.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo ? O Everton dominou boa parte do primeiro tempo. Diante da necessidade de somar mais três pontos e não deixar o Manchester United se fortalecer na briga por uma vaga nas competições europeias, os donos da casa não desperdiçaram muito tempo e acabaram abrindo o placar aos 15 minutos. Após uma boa jogada trabalhada pela direita, Richarlison recebeu cruzamento rasteiro na medida, precisando apenas completar de primeira e estufar as redes no Goodison Park.

Confiantes com o gol, os jogadores do Everton continuaram melhores na partida, dominando a maioria das ações ofensivas. Contando com um Bernard bastante ativo pela ponta esquerda, o time de Liverpool só não ampliou antes de ir para o intervalo por detalhes.

Somente na reta final do primeiro tempo que o Watford, enfim, acordou e passou a buscar o gol de empate de maneira mais agressiva. Por conta da situação, o zagueiro Mina, velho conhecido dos palmeirenses, teve de mostrar serviço. Quando não esteve por perto em uma das investidas do Watford, quase o gol dos visitantes. Aos 45 minutos, Deeney recebeu lançamento e levou a melhor sobre seu marcador, batendo na bola com a ponta da chuteira e a mandando rente ao canto esquerdo do goleiro Pickford.

Segundo tempo eletrizante

Em desvantagem, o Watford voltou mais ousado para o segundo tempo e não mediu esforços para conseguir empatar a partida. Logo aos dez minutos, Roberto Pereyra bateu falta precisa e até chegou a balançar as redes, mas pelo lado de fora da meta defendida por Pickford ? alguns torcedores da equipe chegaram, inclusive, a comemorar o gol. Pouco tempo depois, aos 18, os visitantes foram um pouco mais felizes e contaram com o azar da defesa do Everton. Após cruzamento da direita, Deeney carimbou a trave e, no rebote, a bola bateu na perna de Coleman, capitão do time da casa, e morreu no fundo das redes.

Embalados pela igualdade, o Watford sequer pensou em segurar o resultado no Goodison Park e continuou pressionando os adversários. Assim, os visitantes acabaram, surpreendentemente, virando o jogo graças a Doucoure, que subiu mais alto que a defesa para completar de cabeça o cruzamento na medida de Roberto Pereyra e estufar as redes.

De forma repentina, a partida ficou eletrizante e depois de apenas dois minutos do segundo gol do Watford, o Everton teve uma grande chance de deixar tudo igual no placar mais uma vez depois de o árbitro marcar pênalti. Sigurdsson foi para a cobrança, mas viu o goleiro adversário defender o arremate com as pernas, fato que complicou ainda mais a vida dos donos da casa.

Nos minutos finais, o Everton ainda teve algumas oportunidades para assegurar ao menos o empate diante de seus torcedores, algumas delas, inclusive, protagonizadas por Richarlison, e de tanto insistir, foi premiado já nos acréscimos em linda cobrança de falta de Lucas Digne. O jogador ex-Barcelona, bateu colocado, da entrada da área, sem qualquer chance para o goleiro do Watford, que teve de assistir a bola entrar no gol e se consolar com o amargo empate.

 

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags