PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Gallardo diz que Pity Martínez merecia uma liga melhor que a MLS

Neste sábado, Pity Martínez fez seu último jogo com a camisa do River Plate, diante do Kashima Antlers, na disputa de terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa. O meio-campista de 25 anos de idade defenderá o Atlanta United, dos Estados Unidos, a partir da próxima temporada, em decisão que não deixou o técnico [?]

11:30 | 23/12/2018

Neste sábado, Pity Martínez fez seu último jogo com a camisa do River Plate, diante do Kashima Antlers, na disputa de terceiro lugar do Mundial de Clubes da Fifa. O meio-campista de 25 anos de idade defenderá o Atlanta United, dos Estados Unidos, a partir da próxima temporada, em decisão que não deixou o técnico Marcelo Gallardo muito feliz.

â??Sem desmerecer a MLS (Major League Soccer), pois joguei lá entre 2007 e 2008, mas a MLS não despontou como parecia. Por conhecer o jogador de perto, acredito que ele tem a capacidade de jogar em uma competição maior. Talvez a liga dos EUA seja um trampolim e ele tenha uma chance em outro país em breveâ?, opinou o treinador.

 

Mesmo com a transferência não agradando, Martínez, pelo menos, se despediu em grande estilo. Em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, o camisa 10 entrou em campo na metade do segundo tempo e precisou de apenas três minutos para marcar seu primeiro gol, o segundo do River no jogo.

O melhor, porém, ainda estava por vir. Já nos acréscimos da partida, o meia foi responsável por uma verdadeira pintura. Pity recebeu pela esquerda, balançou para cima do marcador e, com a canhota, deu um lindo toque por cobertura para fazer o quarto dos Millonarios e dar números finais ao duelo. Com o triunfo por 4 a 0, o time argentino garantiu o terceiro lugar no Mundial.

â??Falei com ele e o parabenizei pelo jogo que fez. Não existe despedida melhor do que marcar gols e ganhar. Desejo felicidade e que ele possa dar continuidade nos Estados â??, finalizou Gallardo.

 

Gazeta Esportiva

TAGS