Participamos do

Destaque do River Plate, Pity Martínez é eleito o ?Rei da América? de 2018

Nesta segunda-feira, o veículo uruguaio ?El Pais? divulgou o vencedor do tradicional prêmio ?Rei da América? e o o jogador eleito de 2018 foi o argentino Pity Martínez, destaque do River Plate na conquista da Copa Libertadores da América deste ano. O atleta foi fundamental para que o clube conquistasse mais um título continental e [?]
10:45 | Dez. 31, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Nesta segunda-feira, o veículo uruguaio ?El Pais? divulgou o vencedor do tradicional prêmio ?Rei da América? e o o jogador eleito de 2018 foi o argentino Pity Martínez, destaque do River Plate na conquista da Copa Libertadores da América deste ano.

O atleta foi fundamental para que o clube conquistasse mais um título continental e que garantisse vaga para o Mundial de Clubes, torneio que os argentinos decepcionaram e foram eliminados na semifinal, perdendo a chance de enfrentar o Real Madrid na grande decisão.

A conquista de Pity Martínez pode ser celebrada não apenas pelo River Plate como pelo futebol argentino, já que a Argentina volta a ter um Rei da América depois de oito anos sendo ?esquecida? pelos jornalistas do continente sul-americano. Antes disso, o meia D?Alessandro, ídolo do Internacional tinha sido o último atleta ?hermano? a conseguir tal honraria.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Já era esperado que um atleta do River Plate conseguisse o prêmio, porém Martínez se destacou também pela quinta de votos que recebeu: 130 entre os 320 jornalistas que participaram do processo do tradicional prêmio do El País. Já em segundo lugar ficou o colombiano Juan Fernando Quintero, companheiro de Pity no atual campeão da Libertadores da América.

Vale destacar que no ano passado o grande vencedor do prêmio foi o brasileiro Luan, que foi decisivo na conquista do Grêmio na Copa Libertadores da América de 2017. Na ocasião, o atacante tricolor foi dominante na votação e recebeu praticamente metade dos votos, já que teve seu nome lembrado por 182 dos 386 jornalistas.

 

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags