PUBLICIDADE
Futebol

Renan Lodi tem noite de gala pelo Atlético-PR na Arena da Baixada

  Cobiçado por equipes do Brasil e da Europa, Renan Lodi voltou a fazer uma apresentação de gala na vitória do Atlético Paranaense sobre o Fluminense, por 2 a 0, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-americana, na Arena da Baixada, em Curitiba. O lateral marcou um gol e deu uma assistência, escrevendo […]

00:30 | 08/11/2018

 

Cobiçado por equipes do Brasil e da Europa, Renan Lodi voltou a fazer uma apresentação de gala na vitória do Atlético Paranaense sobre o Fluminense, por 2 a 0, pelo jogo de ida das semifinais da Copa Sul-americana, na Arena da Baixada, em Curitiba. O lateral marcou um gol e deu uma assistência, escrevendo mais um belo capítulo em sua história dentro do clube.

“Cheguei aqui tinha apenas 13 anos e na hora do gol passou muita coisa na cabeça, tudo que passei no clube e com a família”, afirmou o jogador, que se emocionou ao marcar o gol que corou sua dedicação nesta temporada. “Quando entro no campo tento ajudar ao máximo. O grupo todo. A gente fica feliz em marcar um gol com a casa lotada”, completou.

Quem aproveitou bem esse bom momento foi o atacante Rony, que mesmo sem uma estatura elevada, escorou cruzamento perfeito do lateral para fechar o placar. “O Renan vem vivendo um momento muito bom e nos cruzamentos ele é muito feliz, ele capricha e nós temos que acreditar no companheiro. E tive a oportunidade, sabia que ele ia cruzar na área. Ele está vivendo um bom momento, vem fazendo a diferença no nosso time”, avaliou.

Renan Lodi agora quer o grupo com os pés no chão para o jogo da volta, mas sem perder a confiança em uma classificação no Rio de Janeiro. “Não está nada ganho. Tem um segundo tempo no Maracanã. A gente vai estar preparado para tudo que vier. É muito importante fazer dois gols em casa e não tomar gol. O jogo do Maracanã vai ser uma pedreira, mas vamos preparados”, concluiu.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários