PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Mbappé rechaça cifras que movem o mercado da bola: ?Indecentes?

Qualquer negociação de grande porte realizada no futebol mundial nos dias atuais causa espanto justamente pelas cifras que se mostram envolvidas, principalmente por dizerem respeito a centenas de milhões de euros. E para os próprios protagonistas do esporte da bola redonda e dos gramados, os valores são ?indecentes?, de acordo com o que afirmou o [?]

08:45 | 13/11/2018

Qualquer negociação de grande porte realizada no futebol mundial nos dias atuais causa espanto justamente pelas cifras que se mostram envolvidas, principalmente por dizerem respeito a centenas de milhões de euros. E para os próprios protagonistas do esporte da bola redonda e dos gramados, os valores são ?indecentes?, de acordo com o que afirmou o jovem Kylian Mbappé.

Em entrevista à TV Suíça RTS, o craque francês do Paris Saint-Germain revelou se surpreender com os valores que são pagos na maioria das negociações do futebol mundial. Vindo de uma família humilde, o atacante, alertou, porém, que é parte de um sistema e que não pode mudar ou revolucionar o esporte neste aspecto.

?O dinheiro que move o mundo do futebol é realmente indecente para mim. Eu venho de uma família muito modesta, humilde. É certo que é indecente, mas o mercado é assim, o mundo do futebol funciona assim e não sou eu quem vai revolucionar o futebol. É um sistema que funciona dessa forma e temos que respeitar?, disse Mbappé.

Considerado o grande jogador jovem da atualidade e um dos destaques da campanha vitoriosa da seleção francesa na Copa do Mundo da Rússia, Mbappé também valorizou seu estilo característico de jogo. Segundo o camisa sete do PSG, seu objetivo não ser uma cópia de alguém já existente, mas fazer história aprimorando o que já possui de melhor e somando a aprendizados ao longo da carreira.

?Eu não quero ser uma cópia. Não quero ser como a maioria dos jogadores mais veteranos, quero ter minhas próprias características, minhas próprias individualidades. Você deve marcar sua história por si mesmo e não ser uma cópia do outro. Acho que é natural ter alta autoestima e busco sempre evoluir?, comentou o atacante.

Gazeta Esportiva

TAGS