PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Atlético bate Monaco e garante vaga nas oitavas da Liga dos Campeões

Em partida válida pela quinta e penúltima rodada do grupo A da Liga dos Campeões, o Atlético de Madrid recebeu o já eliminado Monaco e venceu pelo placar de 2 a 0. Com o resultado, os colchoneros chegam a 12 pontos ganhos, assumem a liderança da chave e garantem vaga nas oitavas de final de [?]

17:00 | 28/11/2018

Em partida válida pela quinta e penúltima rodada do grupo A da Liga dos Campeões, o Atlético de Madrid recebeu o já eliminado Monaco e venceu pelo placar de 2 a 0. Com o resultado, os colchoneros chegam a 12 pontos ganhos, assumem a liderança da chave e garantem vaga nas oitavas de final de maneira antecipada. O time visitante, por sua vez, segue na lanterna, com apenas um ponto.

Agora, as duas equipes voltam a pensar nos campeonatos nacionais. Brigando pela primeira posição do Espanhol, o Atlético visita o Girona, no próximo domingo. O Monaco, por outro lado, na vice-lanterna do Francês, recebe o Montpellier no próximo sábado.

O jogo ? Logo aos dois minutos de bola rolando, no primeiro lance de ataque, o Atlético já abriu o placar. Koke avançou pelo meio e arriscou de pé direito da intermediária. No meio do caminho, ela desviou no zagueiro Benoit Badiashile Mukinayi, deixou o goleiro vendido no lance e foi morrer no fundo das redes.

Com o gol marcado, o time da casa pôde ter um início de jogo mais tranquilo, passou a valorizar a posse de bola e não era tão incisivo. Os visitantes, por sua vez, ficavam menos tempo com ela nos pés, e não conseguiam criar chances de perigo.

Aos 24 minutos o Atlético voltou a chegar, e ampliou o placar com Griezmann. Ángel Correa recebeu, invadiu a área, deu um drible desconcertante que deixou o brasileiro Jemerson no chão e cruzou rasteiro para o francês, que teve a tranquilidade de dominar e bater de três dedos para marcar o segundo dos colchoneros. Aos 35, Correa recebeu cara a cara com o goleiro e aplicou um belo chapéu, mas o árbitro já assinalava a posição de impedimento.

Na etapa complementar, o jogo esfriou, e as chances de gol passaram a ser cada vez mais raras. Aos 10, o técnico Thierry Henry promoveu a entrada de Radamel Falcao a fim de dar uma maior ofensividade para a equipe, mas o panorama da partida não se alterou.

Na melhor chance dos colchoneros no segundo tempo, já aos 32 minutos, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Thomas na meia-lua. O camisa 5 arriscou uma bomba, e parou na grande defesa do goleiro Raggi, que voou para evitar o terceiro gol. Dois minutos depois, o Atlético teve falta perigosa na entrada da área, mas Griezmann mandou por cima do gol.

Aos 36, em uma das poucas chegadas do Monaco, Tielemans invadiu a área e soltou uma bomba. Ela explodiu no braço de Savic, que levou o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. Na cobrança da penalidade, Falcao García deslocou o goleiro mas mandou a bola para fora, acabando com qualquer chance dos visitantes na partida.

Lokomotiv soma os primeiros pontos diante do Galatasaray

Já no grupo D, o Lokomotiv recebeu o Galatasaray e venceu pelo placar de 2 a 0. Com o resultado, o time da casa, que tinha quatro derrotas até o momento, soma os primeiros três pontos na Liga dos Campeões e já encosta no próprio time turco, que ocupa a terceira colocação, com quatro pontos ganhos.

A partida reunia os dois times que menos pontuaram no grupo e, portanto, era muito limitada tecnicamente. O placar só foi aberto aos 43 minutos do primeiro tempo, com um gol chorado. Após cruzamento na área, Krychowiak bateu mascado, e a bola ainda desviou no zagueiro do Galatasaray antes de morrer no fundo do gol e colocar o Lokomotiv em vantagem no placar.

Aos nove minutos da segunda etapa, após pela jogada pela direita, a bola chegou para Ignatjev, quase na pequena área, apenas completar e selar a primeira vitória dos mandantes na competição.

Gazeta Esportiva

TAGS