PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Atletas do Ceará lamentam chances perdidas contra o Inter, mas valorizam ponto do empate

18:30 | 11/11/2018
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1]

“Faltou matar o jogo”. Essa foi a frase mais dita pelos jogadores do Ceará na saída de campo da Arena Castelão após o empate diante do Internacional em 1 a 1, neste domingo, pela 33ª rodada da Série A Campeonato Brasileiro. Apesar da conquista de um ponto importante, o time comandado por Lisca acumulou chances perdidas, principalmente na reta final da partida.

Responsável pela última chance de gol do Ceará no jogo, já nos acréscimos, Leandro Carvalho preferiu destacar a entrega do time e valorizar o ponto conquistado na briga contra o descenso. “A gente perdeu uma grande chance no final do jogo. Mas quando não é para entrar, não entra. A bola chegava perto da linha, mas não entrava. Valeu pela vontade, porque fizemos uma boa partida”, destacou o atacante ao Premiere.

Titular na lateral-esquerda, Felipe Jonatan optou pelo discurso menos cauteloso e afirmou que o time comandado por Lisca poderia ter vencido o jogo caso tivesse melhor precisão e aproveitado melhor as chances criadas ao longo da partida. “Criamos mais, mas não matamos o jogo. Conseguimos nos impôr diante do Internacional, que é vice-líder do Campeonato Brasileiro, e pelo que fizemos poderíamos ter vencido. Mas paciência, nos restam cinco finais”, disse à Rádio Assunção.

Grande destaque ofensivo do Ceará na temporada, Arthur teve uma partida apagada neste domingo. E na saída de campo, valorizou o ponto conquistado, mesmo que dentro de casa, mas alertou para a necessidade do time de ser mais efetivo para conseguir o quanto antes a garantia da permanência da Série A em 2019.

“Temos que valorizar cada ponto conquistado. Não perdemos para o vice-líder e ainda assim vejo que fomos melhores durante boa parte do jogo. Porém, não conseguimos matar a partida, não fizemos o gol que precisávamos e agora temos mais cinco finais para ficar na Série A”, ressaltou o atacante.


Gazeta Esportiva

TAGS