PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Low admite revés decepcionante, mas pede calma com jovem Alemanha

A Alemanha teve uma atuação para esquecer neste sábado frente a Holanda, pela Liga das Nações. Depois de um início imponente, os tetracampeões mundiais foram completamente dominados pela seleção Laranja, que construiu com naturalidade o triunfo por 3 a 0. E após a partida, Joachim Low admitiu a atuação muito fraca, classificando o revés como [?]

21:30 | 13/10/2018

A Alemanha teve uma atuação para esquecer neste sábado frente a Holanda, pela Liga das Nações. Depois de um início imponente, os tetracampeões mundiais foram completamente dominados pela seleção Laranja, que construiu com naturalidade o triunfo por 3 a 0. E após a partida, Joachim Low admitiu a atuação muito fraca, classificando o revés como ?brutal? e ?decepcionante?.

Em entrevista coletiva, o treinador fez a ressalva para os primeiros 30 minutos, mas pontuou que a Alemanha ?não conseguiu jogar? em Amsterdã, na Holanda. A escolha por um time jovem, que não conseguiu suportar a pressão de estar atrás no placar, também foi comentada pelo comandante, que pediu calma com o processo de renovação pelo qual a seleção está passando.

?Foi uma derrota muito brutal e decepcionante, porque mal conseguimos jogar. Até que fomos bem nos primeiros 30 minutos, controlamos o jogo, mas depois foi realmente muito ruim?, disse Low. ?Quanto aos jovens, precisamos dar tempo, também no que diz respeito a explorar oportunidades. Você não pode esperar que façam milagres. Temos de tirar as conclusões certas nos próximos dois dias?, completou.

Depois do revés deste sábado, a Alemanha terá pouco tempo para assimilar e tirar lições, já que volta a campo na próxima terça-feira, quando visita a França novamente pela Liga das Nações. O mau resultado, aliás, deixou os tetracampeões na lanterna do grupo 1, com apenas um ponto conquistado, e um triunfo é fundamental para evitar o descenso à Liga B.

Gazeta Esportiva

TAGS