PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Liverpool e Manchester City decepcionam e não saem do zero

14:30 | 07/10/2018
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1] Liverpool e Manchester City, na teoria, tinham tudo para fazer um grande jogo neste sábado, em Anfield, pela oitava rodada do Campeonato Inglês. Na prática, porém, a partida foi fraca e o zero não saiu do placar. Os visitantes tiveram a melhor chance de vencer, mas Mahrez isolou uma cobrança de pênalti aos 40 minutos do segundo tempo.

O primeiro tempo teve apenas três chutes, nenhum a gol. Na segunda etapa, as equipes saíram um pouco da defesa, mas nada suficiente para tirar o zero do placar. As melhores chances foram do City, com Mahrez, antes mesmo da penalidade máxima.

Com o resultado, o Manchester City se manteve na liderança, com 20 pontos, mesma pontuação do Chelsea, segundo, e do Liverpool, agora terceiro, por conta dos critérios de desempate.

Na próxima rodada do Inglês, o Liverpool visitará o Huddersfield, sábado, no John Smith’s Stadium. O Manchester City receberá o Burnley, no mesmo dia, no City of Manchester.

O JOGO

Liverpool, segundo colocado, contra o líder Manchester City. Dois times com propostas de jogo diferentes, mas adeptos do bom futebol. Expectativa de bom jogo? Não foi o que ocorreu no primeiro tempo pela oitava rodada do Campeonato Inglês.

Não houve uma chance clara de gol sequer em 47 minutos e apenas três finalizações. As duas equipes começaram o jogo se estudando e o respeito permaneceu até o apito antes do intervalo, com mais preocupação em marcar do que atacar no Anfield.

O único momento de “emoção” foi quando Gomez foi isolar e chutou para trás: Aguero recebeu de costas para o gol, tentou girar e caiu após entrevero com Lovren. A arbitragem mandou seguir. O zero a zero foi absolutamente justo.

0 a 0 TEIMOSO

Os times voltaram com um pouco mais de iniciativa para o segundo tempo. A primeira chance clara foi do Manchester City, com Mahrez, após passe de David Silva aos 15 minutos. O meia finalizou cruzado e a bola passou raspando a trave de Alisson. Aos 23, Salah recebeu de Robertson, ganhou de Laporte, mas isolou.

O City voltou a ficar perto do gol com Mahrez, quando o placar marcava 29 minutos jogados. Bernardo Silva cruzou e o argelino recebeu no segundo pau e bateu forte, rasteiro. Alisson, seguro, espalmou para a linha de fundo.

Mais próximo do gol, o Manchester City teve a melhor chance de vencer, em pênalti polêmico de Van Dijk em Sané. Mahrez isolou aos 40 minutos do segundo tempo – Gabriel Jesus pediu para cobrar, porém, não foi atendido.

Depois do argelino perder mais um pênalti no Campeonato Inglês, a partida voltou a ficar morna e os lances finais foram marcados pela entrega e não pela técnica. 0 a 0 decepcionante em Liverpool.


Gazeta Esportiva

TAGS