PUBLICIDADE
Futebol

Com gol no fim, PSG empata com Napoli; Liverpool assume a liderança

18:15 | 24/10/2018
NULL
NULL(Foto: )

[FOTO1] Nesta quarta-feira, o Napoli fez uma grande partida no Parque dos Príncipes, mas cedeu o empate no fim para o Paris Saint-Germain. O jogo da terceira rodada da Liga dos Campeões terminou em 2 a 2. Mertens e Insgne marcaram os gols dos italianos. Mário Rui, contra, e Ángel Di María fizeram os tentos dos franceses.

Com o o resultado, o time de Carlo Ancelotti, que já fez dois dos três jogos como visitante, vai a cinco pontos e cai para a segunda posição do grupo C. Por sua vez, o time parisiense chega a quatro pontos e fica na terceira colocação. O Liverpool, que venceu o Estrela Vermelha, foi a seis pontos, assumindo a liderança, enquanto os sérvios seguem com um ponto na lanterna do grupo.

As duas equipes voltam a se enfrentar na terça-feira, dia 6 de novembro, no estádio San Paolo.

O jogo

Fazendo a sua segunda partida em casa nessa fase de grupos, o Paris Saint-Germain tentou começar a partida atacando. Apesar disso, as chances não foram muito claras e um dos melhores lances foi aos seis, quando Cavani chutou da esquerda para fora. Já aos 13, Mbappé ficou com o escanteio mal afastado e finalizou errado.

O Napoli começou a esboçar o seu gol aos 23. Mário Rui cruzou da esquerda, Mertens apareceu para desviar no meio da zaga e a bola explodiu na trave. Em seguida, em contra-ataque, Hamsik abriu com Callejón, que finalizou em primeira e parou em Areola.

O placar foi inaugurado aos 28. Callejón recebeu pela direita e meteu a bola nas costas da defesa. Insigne chegou antes do arqueiro adversário e só deu um toque para encobrir Areola.

A última chance dos mandantes, que deixaram o campo para o intervalo vaiados, foi aos 37. Neymar deixou Mbappé na cara do gol, mas Ospina conseguiu defender o chute. Como resposta, aos 45, Insigne tentou bater colocado, mas mandou por cima da meta adversária.

A equipe de Thomas Tuchel novamente começou pressionando e quase empatou aos quatro minutos. Naymar tabelou com Mbappé e finalizou, forçando Ospina fazer uma boa defesa. No rebote, Cavani errou o chute.

Logo após o Napoli perder a chance de ampliar em contra-ataque, veio o empate. Mbappé recebeu na intermediária e abriu na direita para Meunier, que chegou cruzado. Mário Rui tentou tirar e mandou contra o próprio gol, matando o goleiro da jogada. O placar estava em 1 a 1.

O time visitante voltou a ficar à frente no placar aos 31 minutos. Fabián Ruiz tentou finalizar de fora da área e a bola bateu em Marquinhos. Na sobra dentro da área, Mertens só bateu no canto para fazer 2 a 1.

Aos 36 minutos, em falta frontal, Neymar cobrou bem e Ospina fez uma grande defesa. Dois minutos depois, Areola saiu mal do gol, deu um soco para trás e a bola quase entrou na meta do PSG.

Nos últimos lances do jogo, Di Maria recebeu pelo lado direito e bateu de fora da área, marcando um golaço para empatar o jogo.

Livepool vence com facilidade o Estrela Vermelha

Jogando em Anfield, o Liverpool não encontrou dificuldades para ganhar do Estrela Vermelha. O triunfo por 4 a 0 se deu com gols de Roberto Firmino, Mané e Mohamed Salah duas vezes. Os times voltam a se enfrentar no dia 6 de novembro.

O placar foi inaugurado aos 19 minutos. Shaqiri encontrou Robertson na ponta esquerda e o lateral cruzou rasteiro. Roberto Firmino dominou na área, mostrou muita calma para tirar o marcador e bater no canto direito.

Jogando melhor e criando oportunidades, o time de Jurgen Klopp ampliou o placar aos 44 minutos. Wijnaldum passou para Shaqiri, que só escorou para deixar Salah livre dentro da área. O egípcio foi fatal e estofou as redes adversárias.

Já no começo da segunda etapa, Mané sofreu choque de Stojkovic e caiu. O árbitro marcou pênalti, que foi cobrado no meio do gol por Salah.

Aos 30 minutos. Nabouhane colocou a mão na bola e outro pênalti foi marcado. Mané foi o responsável por bater e Bojan fez a defesa. Quatro minutos depois, Wijnaldum roubou a bola no ataque, passou para Sturridge, que deixou Mané na care do gol. O senegalês só tocou na saída do goleiro.


Gazeta Esportiva

TAGS