PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Zagueiro Ramon destaca retomada de confiança no Vitória

Após dois triunfos consecutivos pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Vitória enfim saiu da zona do rebaixamento e deu fim à sequência de resultados negativos que havia aumentado a pressão sobre o time. Mesmo continuando ameaçado pela degola, o ambiente é outro, e quem garante isso é o zagueiro Ramon, que destacou a retomada [?]

15:45 | 05/09/2018

Após dois triunfos consecutivos pela Série A do Campeonato Brasileiro, o Vitória enfim saiu da zona do rebaixamento e deu fim à sequência de resultados negativos que havia aumentado a pressão sobre o time. Mesmo continuando ameaçado pela degola, o ambiente é outro, e quem garante isso é o zagueiro Ramon, que destacou a retomada de confiança da equipe ao conceder coletiva de imprensa nesta quarta-feira.

?A confiança voltou. Isso posso falar de mim. Quando a gente ia jogar contra qualquer outro dia e tomava o gol, olhava para o lado e todo mundo cabisbaixo, um tentando animar o outro. E agora, não. A confiança voltou, todo mundo confiante, sabe o que tem que fazer dentro de campo?, afirmou o defensor. ?A comunicação dentro de campo também mudou e ajuda muito. O professor Paulo sempre pedindo isso para a gente. Até mesmo quando um jogador nosso estava com a bola, a gente falava que estava marcado, e esse jogador rapidamente procurava avaliar oportunidades para não perder a bola. Futebol é isso, se você não perder a bola, tem grandes chances de ganhar o jogo?, completou.

Segundo o camisa 40, o recém-chegado técnico Paulo César Carpegiani tem grande responsabilidade na transformação do cenário nas últimas semanas. Mesmo derrotado em seus primeiros dois compromissos à frente do Leão, o técnico arrumou a equipe e, para além dos triunfos sobre Atlético e América-MG, já alcança a marca de dois jogos sem sofrer gols, algo significativo quando se diz respeito à pior defesa do Brasileirão 2018.

?O professor Paulo, por ser gaúcho, trouxe trabalho muito competitivo para o Vitória. Nos treinamentos, no próprio aquecimento, como ele fala. É uma forma competitiva. Isso a gente acaba levando para dentro de campo. A gente briga por cada bola. Isso vem mostrando nos últimos jogos. Três jogos e a gente só tomou um gol. E daqui para frente por ter certeza que vai ser nessa pegada?, destacou.

Tentando manter o ritmo, o Vitória enfrenta o Fluminense nesta quinta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ). O jogo é válido pela rodada de número 23 do Campeonato Brasileiro, e trata-se de um confronto direto na luta pelo afastamento do Z4. Na 13ª posição, o Rubro-Negro possui 25 pontos ganhos, dois a mais que o Sport, primeiro dentro da zona, e dois a menos que o Tricolor carioca, 11º colocado. Para o duelo no Rio, porém, engana-se quem pensa que o time baiano se limitará a defender.

?A postura tem que ser como a gente vem mantendo nesses dois últimos jogos. Não é porque a gente vai jogar fora de casa que vai ficar atrás o tempo todo. É impor o que o professor trabalhou esses dias. Ele falou das qualidades do Fluminense, que a gente tem que jogar também. É chegar lá e fazer um bom jogo para sair com os três pontos?, finalizou, Ramon.

Gazeta Esportiva

TAGS