Participamos do

Milan sofre para vencer time de Luxemburgo na Liga Europa

Antes de enfrentar o modesto Dudelange, de Luxemburgo, pela fase de grupos da Liga Europa, Gennaro Gattuso previu um jogo complicado para o Milan e acertou em cheio. Apesar da diferença entre os times, o clube italiano suou para vencer por 1 a 0 fora de casa. O único gol do jogo foi de Higuaín, no [?]
18:00 | Set. 20, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Antes de enfrentar o modesto Dudelange, de Luxemburgo, pela fase de grupos da Liga Europa, Gennaro Gattuso previu um jogo complicado para o Milan e acertou em cheio. Apesar da diferença entre os times, o clube italiano suou para vencer por 1 a 0 fora de casa. O único gol do jogo foi de Higuaín, no segundo tempo.

Com a vitória, o Milan assume a liderança do Grupo F da Liga Europa, já que Olympiacos e Betis empataram sem gols no outro jogo do grupo. Na próxima rodada, o adversário do Milan é o Olympiacos, no San Siro. O Betis recebe o Dudelange no outro jogo da próxima rodada.

Milan pressiona, mas não marca no primeiro tempo

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Como se esperava, o Milan dominou os primeiros minutos de jogo e obrigou o Dudelange a ficar recuado. No entanto, o time italiano não demonstrava eficiência quando chegava ao ataque. A primeira boa chance de gol foi aos 12 minutos, quando Higuaín tentou abrir o placar, mas errou o alvo por pouco.

Depois de jogar passivamente durante 35 minutos, o Dudelange teve sua primeira grande chance no jogo. Escapando da linha de impedimento, Stolz recebeu bom lançamento rasteiro, invadiu a área e mandou a bola perto do gol de Reina.

A resposta milanista veio quatro minutos depois e acabou sendo a última chance de gol do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio na área, o zagueiro Caldara cabeceou e mandou a bola por cima do gol.

Higuaín vence o goleiro e dá a vitória ao Milan

O Milan voltou mais intenso para o segundo tempo e chegou perto de abrir o placar logo aos quatro minutos. Higuaín recebeu cruzamento pela esquerda e, dentro da área, finalizou. No entanto, o goleiro Frising demonstrou reflexo e manteve o placar zerado.

Felizmente para o argentino e para o Milan, o gol perdido não fez falta. Aos 13 minutos, Higuaín recebeu de Castillejo e finalizou de primeira. A bola desviou na defesa e matou o goleiro Frising, que não conseguiu fazer a defesa desta vez.

O gol fez bem ao Milan, que seguiu atacando em busca do segundo gol. O atacante Borini teve grande chance de ampliar aos 22 minutos, quando recebeu na área e finalizou na trave. Já aos 37, Frising foi novamente fudamental, defendendo finalização de Higuaín na entrada da pequena área para manter o Dudelange vivo na partida. No entanto, a boa atuação do goleiro não foi suficiente para evitar a vitória milanista por 1 a 0.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags