PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Marquinhos celebra permanência de Tite e quer Seleção ganhando corpo

Depois da eliminação para a Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo na Rússia, o cenário para a Seleção Brasileira não era de terra arrasada, como aconteceu em outros anos. O técnico Tite, permaneceu no comando, com contrato até o próximo Mundial, que será disputado em 2022. O zagueiro Marquinhos é um dos [?]

21:30 | 05/09/2018

Depois da eliminação para a Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo na Rússia, o cenário para a Seleção Brasileira não era de terra arrasada, como aconteceu em outros anos. O técnico Tite, permaneceu no comando, com contrato até o próximo Mundial, que será disputado em 2022.

O zagueiro Marquinhos é um dos nomes que podem ganhar espaço, em caso de renovação nos nomes do sistema defensivo. Titular no início da Era Tite, o jogador acabou perdendo lugar para Thiago Silva. O jogador, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, comemorou a permanência de Tite, visando a importância de se manter uma filosofia de jogo.

?Importância de se manter o padrão, que vinha sendo muito bem feito. Independentemente do resultado da Copa, se via um plano de jogo, uma ideia que vinha dando resultado nas eliminatórias. Conseguimos seguir em frente com o mesmo padrão na Copa. Pegando esses dois anos do Tite, agora a chance de continuar, ficamos felizes porque era um ambiente bom, com um padrão de jogo bom. A Seleção vem conquistando bons resultados. É puro mérito pelo que ele fez na Seleção?, afirmou o defensor.

Tite esboça time com Fabinho, Fred e Douglas Costa

CBF divulga numeração para série de amistosos

A equipe comandada por Tite está se preparando para encarar amistosos diante dos Estados Unidos e de El Salvador. Mais do que os resultados, Marquinhos espera que o Brasil mantenha o padrão de jogo, continue se preparando para as próximas competições, sobretudo a Copa América, no ano que vem. Por fim, projeta o time ganhando cada vez mais casca.

?É pensar muito no nosso estilo de jogo, no nosso padrão de jogo. Queremos ganhar corpo. A gente sempre trabalha muito com o que podemos fazer de melhor neste novo ciclo, o que a gente pode fazer de bom que vinha sendo feito, o que pode melhorar. São objetivos mais próximos, mas pensando já em preparação para a Copa América. Temos que almejar grandes coisas e amadurecer?, analisou o zagueiro.

O Brasil enfrentará nesta sexta-feira a seleção norte-americana às 20h30 (horário de Brasília). No dia 11 de setembro, terça, o time voltará aos gramados para pegar El Salvador. Os duelos serão realizados nas cidades de Nova Jersey e Washington.

Gazeta Esportiva

TAGS