PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Hazard revela sonho de jogar na Espanha, mas se diz contente no Chelsea

Após a ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus, na transferência mais badalada da última abertura do mercado europeu, muito se especulou a respeito de uma possível contratação de Eden Hazard pelo Real Madrid. A janela fechou e o meia-atacante acabou permanecendo no Chelsea, o que, segundo o próprio jogador, foi uma decisão acertada, mesmo [?]

09:45 | 30/09/2018

Após a ida de Cristiano Ronaldo para a Juventus, na transferência mais badalada da última abertura do mercado europeu, muito se especulou a respeito de uma possível contratação de Eden Hazard pelo Real Madrid. A janela fechou e o meia-atacante acabou permanecendo no Chelsea, o que, segundo o próprio jogador, foi uma decisão acertada, mesmo com o sonho de atuar no futebol espanhol.

?Te direi a verdade. Após a Copa do Mundo, eu queria sair porque meu sonho é jogar na Espanha. Quando falei com o clube e com o treinador (Maurizio Sarri), disse ?ok, se vocês não querem que eu vá embora, eu fico, sem problemas?. Estou feliz aqui e creio que tomei a decisão correta?, revelou, em entrevista concedida ao BT Sport, após o duelo com o Liverpool, neste sábado.

Após o Mundial da Rússia, o belga chegou a colocar em cheque seu futuro no Stanford Bridge, admitindo o interesse em defender as cores do Real Madrid. De acordo com o jogador de 27 anos, no entanto, a tão aguardada transferência não deve acontecer antes do término de seu vínculo com os Blues.

?Ainda me faltam dois anos de contrato. Posso renová-lo, ou talvez não. Ainda não sei?, completou.

Dentro de campo, Hazard voltou a ser um dos destaque do Chelsea no Campeonato Inglês, neste sábado, contra o Liverpool, no Stanford Bridge. O belga abriu o placar para os Blues, que acabaram cedendo o empate nos minutos finais, quando Sturridge anotou um golaço de fora da área. Os comandados de Sarri ocupam a terceira colocação da tabela da Premier League, com 17 pontos ganhos, dois atrás do segundo, o próprio Liverpool, e do líder Manchester City.

Gazeta Esportiva

TAGS