Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

CRB e CSA fazem clássico em situações distintas na Série B

Enquanto um briga pela manutenção na Série B do Campeonato Brasileiro em 2019, o outro buscar deixar a divisão de acesso para jogar a elite nacional no ano que vem. É nesse cenário que CRB e CSA fazem o clássico da 29ª rodada, programado para às 16h30 (de Brasília), no Estádio Rei Pelé que, por [?]
20:15 | Set. 28, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Enquanto um briga pela manutenção na Série B do Campeonato Brasileiro em 2019, o outro buscar deixar a divisão de acesso para jogar a elite nacional no ano que vem. É nesse cenário que CRB e CSA fazem o clássico da 29ª rodada, programado para às 16h30 (de Brasília), no Estádio Rei Pelé que, por sinal, terá a presença das duas torcidas após polêmica envolvendo o Ministério Público e o STJD.

Na decisão anunciada na última quarta-feira e acatada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o MP de Alagoas proibiu a entrada de torcidas organizadas dos dois clubes e a entrada apenas da torcida do CRB. A decisão, porém, foi revertida pelas diretorias, sendo negada ainda a participação das organizadas.

Dentro de campo, o treinador Roberto Fernandes não terá problemas para escalar o CRB em relação a última partida. Aliás, terá o retorno do destaque Neto Baiano, que cumpriu suspensão e se recuperou de um desconforto muscular na coxa. Ainda não se sabe se o atacante será titular ou irá ficar apenas como opção no banco de reservas, mas a tendência é de que o artilheiro do time seja relacionado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Sem vencer há quatro jogos, com dois empates e duas derrotas, o foco do CRB é ser mais letal em relação ao empate com o Coritiba, onde o time até criou chances, mas pecou na finalização. Ainda sob o alarde da mudança de comando, os regatinos, que saíram aplaudidos por seus torcedores, esperam, enfim, dar uma resposta positiva na disputa pela permanência na Série B.

?Acredito que para vencer é necessário intensidade alta, muito trabalho e assim, no decorrer do tempo, vamos evoluir como um time. A equipe tem trabalhado bem e contra o Coritiba não foi diferente, porque tivemos uma boa postura e um bom jogo. O torcedor, mais uma vez, vai encher o Rei Pelé e nos apoiar até final, que é o mais importante, a força da torcida no clássico. Aproveito para deixar o convite para eles lotarem o estádio?, disse o zagueiro Anderson Conceição.

Já pelo lado do CSA, a situação aparentemente mais tranquila pela posição na tabela não é compactuada pelo elenco e comissão técnica, que busca voltar a vencer na Série B depois de duas derrotas consecutivas que custaram o segundo lugar isolado, agora dividido com o Goiás. Para o clássico, Marcelo Cabo, assim como o rival, não terá problemas para escalar o time e ainda poderá contar com o retorno de Neto Berola, recuperado de lesão.

Titular da defesa do CSA, Leandro Souza deu mostras de qual deve ser a atitude do time dentro de campo e prometeu que o pensamento será de decisão dentro do Rei Pelé. ?Temos que pensar nesse clássico como se fosse uma decisão. A gente tem que voltar a ficar perto do Fortaleza e para isso precisamos brigar pelos três pontos, assim como eles precisam para lutar contra o rebaixamento. Esse é um jogo em que um erro pode ser fatal?, ressaltou.

FICHA TÉCNICA

CRB x CSA

Local: Estádio Rei Pelé, Maceió (AL)

Data: Sábado, 29 de setembro de 2018

Horário: 16h30 (de Brasília)

Árbitro:  Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

CRB: João Carlos; Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Paulinho; Claudinei, Luiz Otávio, Renan Oliveira; Iago, Willians Santana e Neto Baiano (Bruno Paulo).

Técnico: Roberto Fernandes

CSA: Felipe Garcia; Celsinho, Leandro Souza, Elivelton (Matheus Lopes) e Rafinha; Yuri, Daniel Costa, Pio, Didira e Jhon Cley; Neto Berola

Técnico: Marcelo Cabo

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags