PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Chamusca lamenta derrota em estreia pela Ponte: ?Precisamos reagir?

A estreia de Marcelo Chamusca na Ponte Preta não foi bem como ele gostaria. A Macaca foi derrotada pelo Atlético-GO nesta terça-feira, fora de casa, e chegou a quatro jogos sem saber o que é vencer. Após a partida, o novo comandante lamentou o revés, mas destacou a busca pela reação. ?Fiquei muito triste pela [?]

14:15 | 05/09/2018

A estreia de Marcelo Chamusca na Ponte Preta não foi bem como ele gostaria. A Macaca foi derrotada pelo Atlético-GO nesta terça-feira, fora de casa, e chegou a quatro jogos sem saber o que é vencer. Após a partida, o novo comandante lamentou o revés, mas destacou a busca pela reação.

?Fiquei muito triste pela estreia com resultado negativo. Mas se tem uma coisa de positiva nesse jogo é que vamos conseguir fazer observações importantes para o próximo jogo, contra o Sampaio Corrêa em casa. Para termos uma postura diferente e buscar um resultado positivo. Precisamos reagir o mais rápido possível?, ressaltou.

Chamusca fez também uma análise do jogo em Goiânia e viu sua equipe ter um melhor desempenho no início do confronto, mas sofreu após tomar o gol e ter um atleta expulso.

?Vamos fazer uma avaliação do que aconteceu no jogo. Estávamos com controle total do jogo e jogávamos no campo do adversário. Diga-se de passagem, apesar de termos o controle, não criamos grandes oportunidades. Mas estivemos muito mais perto no início do jogo de abrir o placar?, pontuou. ?Com um jogador a menos eu tentei reorganizar a equipe, mas estava realmente muito difícil o jogo para nós?, completou.

Por fim, o comandante reforçou que sabe da responsabilidade que tem. ?Aceitamos o desafio de vir para o jogo e de montar a equipe. Acho até que o time aderiu bem às mudanças que foram feitas, principalmente em relação à parte tática. Mas após o gol e a expulsão ficou tudo muito complicado. Se já é difícil trabalhar apenas 24 horas para um jogo, com um atleta a menos o cenário fica mais complicado. Mas aceitei e a responsabilidade é minha. Os jogadores procuraram dar o máximo, estão todos muito desgastados e sábado já tem outro compromisso, vamos buscar melhorar?, finalizou.

No próximo sábado, a Ponte encara o Sampaio Corrêa, às 19 horas (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli,em duelo válido pela 26ª rodada da Série B.

Gazeta Esportiva

TAGS