PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Tiago Nunes exalta equilíbrio do Furacão em nova fase do time

O Atlético Paranaense mostrou que a fase virou e foi buscar no Uruguai a classificação para a próxima fase da Copa Sul-americana aplicando uma goleada de 4 a 1 para cima do Peñarol, no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu. O técnico Tiago Nunes destacou o feito rubro-negro, que com sua equipe principal conseguiu a [?]

22:45 | 07/08/2018

O Atlético Paranaense mostrou que a fase virou e foi buscar no Uruguai a classificação para a próxima fase da Copa Sul-americana aplicando uma goleada de 4 a 1 para cima do Peñarol, no Estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu. O técnico Tiago Nunes destacou o feito rubro-negro, que com sua equipe principal conseguiu a primeira vitória como visitante na temporada.

?Fizemos uma grande jogo, não só pelo placar. É muito difícil jogar aqui dentro, o Peñarol, independentemente do momento que atravessas, é sempre muito propositivo. Nós, com alguns atletas que não vinham atuando, sustentamos muito bem. Dos onze que iniciaram, seis estavam conosco no Paranaense?, lembrou o treinador, que explica o crescimento pelo equilíbrio alcançado. ?Estamos em um processo de evolução. A equipe tem sofrido pouco defensivamente, e isto está dando equilibro para criar as situações de gol?, emendou.

O comandante rubro-negro falou ainda sobre a mudança de postura do time em relação ao trabalho deixado por Fernando Diniz. ?O Atlético não iniciou bem a temporada, no Campeonato Brasileiro, e depois da Copa do Mundo mudamos um pouco a característica da equipe. Era uma equipe que tinha muita posse de bola. Mantivemos isso, mas buscamos uma equipe mais vertical, buscando levar perigo ao adversário. Era uma equipe que sofria muitos gols e o primeiro passo foi ser mais equilibrada?, avaliou.

Para Tiago, considerado uma solução caseira para cobrar a saída do antecessor, o trabalho está sendo bem desenvolvido, com o grupo se dedicando para entender a nova filosofia. ?Estou trabalhando com uma equipe muito qualificada, mas acima de tudo se esforçando muito para fazer o que estamos propondo. O convencimento junto aos atletas tem que ser muito verdadeiro e genuíno. Sou um homem de sorte por ter essa oportunidade no Atlético. Trabalhei muito para ter essa oportunidade e ter o respeito do torcedor e da direção. Conseguimos colocar o Atlético em um nível maior?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS