PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Paysandu e Brasil de Pelotas fazem confronto de ?desesperados? na Série B

Nesta terça-feira, a 22° rodada do Campeonato Brasileiro da Série B terá uma partida de extrema importância na disputa dos times que lutam para fugir do Z-4 da competição. Isto porque, Brasil de Pelotas e Paysandu se enfrentam no estádio Bento Freitas, às 19h15, em busca de uma vitória para subir na tabela e sair [?]

20:15 | 20/08/2018

Nesta terça-feira, a 22° rodada do Campeonato Brasileiro da Série B terá uma partida de extrema importância na disputa dos times que lutam para fugir do Z-4 da competição. Isto porque, Brasil de Pelotas e Paysandu se enfrentam no estádio Bento Freitas, às 19h15, em busca de uma vitória para subir na tabela e sair das últimas colocações do torneio nacional.

Com 24 pontos, o Paysandu está na décima sexta colocação e, caso não consiga vencer, pode cair duas posições e terminar a rodada na zona de rebaixamento. No entanto, apesar do péssimo momento, a situação pode mudar em caso de triunfo diante dos gaúchos, já que os três pontos podem fazer com que o clube do Pará suba para o meio da tabela e se afaste do Z-4.

O confronto pode ser decisivo para o técnico do Paysandu, Guilherme Alves, já que o comandante chegou à sua terceira derrota consecutiva após o tropeço diante do Londrina na última sexta-feira. Caso aconteça mais um resultado negativo, a situação pode se tornar irreversível e o próprio treinador mostrou conhecimento sobre a situação.

?Eu não sou tonto. Estou no futebol há muito tempo para saber que o jogo é o do Brasil de Pelotas. Se não ganhar esta partida, acabou minha trajetória aqui. É aquilo que eu falo sempre, que a vida segue, eu não desisto, mas não tem como negar que esse confronto diante do Brasil vai ser decisivo?, afirmou Guilherme após a derrota diante do Londrina.

O comandante do Paysandu continuou falando sobre a situação no clube. ?Eu não desisto nunca. Mas eu estou falando pelo clube também. É um divisor de águas e eu estou assumindo a minha responsabilidade. Mas será que todos sabem? Tem que saber. Senão não adianta, pode vir Dado, Guilherme ou até Mourinho e Guardiola. A verdade é que não tem para onde fugir?.

Quem também destacou a importância do confronto foi o arqueiro Renan Rocha. ?A gente tem a consciência que precisa vencer, tirar pontos aqui. É um confronto direto nesta briga para não ficar nas últimas colocações. A gente veio para conseguir pontuar e voltar para Belém com um grande resultado?.

Já pelo lado do Brasil de Pelotas, a situação é muito parecida com a do próximo adversário, só que um pouco pior, pois o clube gaúcho se encontra no Z-4 e uma derrota pode afundar ainda mais o time nas últimas colocações da Série B.

Na última rodada, o time comandado arrancou um empate diante do Avaí, placar que foi bastante comemorado mesmo com o jogo acontecendo no estádio Bento Freitas já que os donos da casa atuaram com um jogador a menos desde os 35 minutos da primeira etapa. Com o gol nos acréscimos, a equipe chegou a três partidas de invencibilidade e apenas uma derrota desde a rodada 14, quando perderam para o CSA, vice-líder da competição.

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS x PAYSANDU 

Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)

Data: 21 de agosto de 2018, terça-feira

Horário: 19h15 (Brasília)

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior (PE) e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)

BRASIL DE PELOTAS: Marcelo Pitol; Éder Sciola, Lendro Camilo, Rafael Dumas e Bruno Collaço; Lendro Leite, Itaqui, Lourency; Caio e Maicon Assis; Léo Bahia

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

PAYSANDU: Renan Rocha; Guilherme Teixeira, Perema e Fernando Timbó; Maicon Silva, Nando Carandina, Renato Augusto e Guilherme Santos; Pedro Carmona, Thomaz e Mike

Técnico: Guilherme Alves

 

Gazeta Esportiva

TAGS